TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quinta-feira

11

abril 2013

0

COMENTÁRIOS

Arte da visualização de dados de Aaron Koblin

Escrito por , Postado em Arte Contemporânea, Arte Interativa, Destacadas

aaron koblin arte

Aaron Koblin é um artista que trabalha com dados, criando aplicativos informáticos que permitem visualizar e investigar padrões e tendências dentro dos fluxos digitais de dados.

Koblin, integrande do laboratório criativo de Google, com sua arte busca explorar a estrutura invisível de milhões de dados que diram ao redor do mundo, segundo a segundo, para transformá-la em um modelo visível, um mapa em movimento constante que expresse, categoricamente, a existència desse plano de realidade fundamental para o desenvolvimento da sociedade.

aaron koblin arte digital 01

Em 2012, Aaron Koblin, juntamente com Chris Milk, surpreenderam o público com o projetoThis Exquisite Forest co-apresentado pela Tate Modern e Google. O projeto de arte permite criar animações e histórias utilizando ferramentas de desenho baseadas nas tecnologias web. Sete artistas da coleção da Tate – que incluem Bill Woodrow, Dryden Goodwin, Julian Opie, Mark Titchner, Miroslaw Balka, Olafur Eliasson e Ragib Shaw – criaram uma primeira animação para dar início a um encantado bosque. A partir dessas “sementes”, todos podíamos agregar novas animações para ampliar a história ou para fazer com que ramifique em nova direção. Inclusive podíamos iniciar nossa própria árvore de histórias com nossos amigos.

aaron koblin arte digital 02

A obra Bicycle Built for Two Thousand consta de 2088 vozes gravadas, recoletadas através da internet e mescladas na música Daisy Bell. Cada um dos participantes escutou um segundo da composição original e gravou livremente uma imitação, sem saber como ficaria a peça final. O resultado é uma versão do clássico de 1892, gravada a partir de vozes de distintas partes do mundo. Koblin pagou, via internet, seis sentavos de dólar por cada fragmento musical. Participaram pessoas de 71 países, especialmente Estados Unidos, Índia, Canadá, Inglaterra, Macedônia, Filimpinas, Itália e Paquistão.

aaron koblin arte digital 03

Para Ten Thousand Cents, o artista criou a representação de um bilhete de 100 dólares com 10 mil pixels desenhados por 10 mil usuários da internet. O custo da obra foi de 100 dólares, um centavo por cada pixel, tal como o valor do bilhete representado. A obra é exibida em um arquivo interativo onde é possível ver como foi pintado cada pixel. O projeto, segundo Koblin, é uma reflexão sobre o trabalho nos mercados virtuais, as economias fictícias e as reproduções digitais de objetos carregados de valor simbólico.

aaron koblin arte digital 04

A mesma lógica se dá em The sheep market. Koblin comprou 10 mil ovelhas desenhadas por usuários da internet para fazer um collage digital, onde se pode observar cada um dos desenhos em particular e seu processo criativo: desenho final e tempo exato que demorou cada um em terminar sua contribuição. Foram pagos dois centavos de dólar por cada desenho. O projeto demorou 40 dias em ser completado, com uma média de 105 segundos para criar cada ovelha.

Site do artista: http://www.aaronkoblin.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>