TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

sábado

28

abril 2012

0

COMENTÁRIOS

Ivald Granato em individual no James Lisboa Escritório de Arte

Escrito por , Postado em Destacadas

Ivald Granato, Série Cor Sim Cor Não, 2012 (óleo, óleo e acrílica sobre tela, 100 x 100cm)

O James Lisboa Escritório de Arte inaugura no dia 8 de maio, terça-feira, às 20 horas, a mostra Cor Sim Cor Não do artista Ivald Granato. Na individual, o irrevente artista abandona a figuração, apresentando 38 pinturas sobre tela, papel e colagens produzidos entre 2011 e 2012. Abertura conta com pocket show da banda de pós-punk Tokyo Savannah, com quem Ivald dá canja de guitarra, e uma atração surpresa.

Verborrágico, exagerado, performático, Granato simplifica sua pinturas deitando o esquema de cores celebrizado em Heads (1989) para produzir a presente série. Nela, o campo visual é tomado por grandes pinceladas de cores saturadas entremeadas por linhas igualmente marcantes e descontínuas. O título Cor Sim Cor Não, por sua vez, leva às raias da obviedade sua atual noção de pintura – atual, sim, já que a personalidade mutante do artista reinventa a técnica a cada estação.

O grande conjunto de colagens e pinturas sobre papel que abrem a exposição, essas de menor dimensão que as pinturas da sala seguinte, ilustram parte do processo de criação do artista, iconoclasta que rasga jornais, revistas e mesmo seus próprios desenhos para recompor a massa em sínteses de grande apelo visual.

Outro aspecto de interesse na mostra é seu caráter multifacetado, pois conta com a exibição de um site specific do artista Flávio Rossi e a apresentação do curta-metragem Parece que foi ontem (9’, cor, 2008) registro de performance de Granato feito por Ismael Oliveira.

Sobre o artista:

Ivald Granato, é fluminense, nascido em Campos, Rio de Janeiro, em 1949. Até 1966 viveu em sua cidade natal, onde começou a desenhar desde muito cedo, sob influencia dos pintores cubistas. Nesse ano inicia seus estudos com Robert Newman e, no ano seguinte, ingressa na escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Artista polêmico e provocador, utilizou, além da pintura, a performance como meio de expressão. O Urubu Eletrônico (Teatro Municipal e São Paulo, 1976), Ciccilio Matarazzo em Mitos Vadios (Rua Augusta, São Paulo, 1978), Bandait (Centro SP Cultural São Paulo, 1982), Painting Performance (Munique, 1984), Pasta Man (Basiléia, Suiça) e Painter and Model (Escola Panamericana de Arte, 1991) foram algumas das inúmeras performances.

Recebeu vários prêmios, entre eles o de Melhor Ilustrador do Ano, da Editora Abril, e o Prêmio aquisição na 1a Trienal de Osaka, Japão, ambos em 1990, e o Prêmio Jabuti, de Melhor Capa de Livro – Processo de Criação – Darlene Dalto – 1993. Granato realizou numerosas exposições individuais e coletivas no Brasil, Estados Unidos, Japão, América Central e América do Sul, das quais podemos destacar as seguintes: Bienal Internacional de São Paulo, 1979, 1981, 1985, 1989 e 1991; 1a Bienal de Havana, Cuba, 1984; 4a Bienal Ibero-Americana de Arte, México, 1984; exposições no MuBE em 2004 e2005; no MAC-SP; no Museu de Arte Contemporânea de Olinda; no Museu de Arte Moderna, Salvador; My Name Is Not na Document-art Gallery, Buenos Aires, 2011; Rambranato, em Cascais, Portugal; na Renato Rodyner Gallery, 2011; e na Bela 2012 – Biennial of Europian and Latin American Contemporary Art no Porto, Portugal em maio de 2012.

Exposição: Cor Sim Cor Não – individual de Ivald Granato

Abertura: 08 de maio, terça-feira, às 20h

Período expositivo: de 09 de maio a 26 de junho de 2012

Local: James Lisboa Escritório de Arte

Endereço: Rua Dr. Melo Alves, 397, Cerqueira César, CEP 01417-010, São Paulo, SP

Horários: de segunda a sexta, das 10 às 19 horas e sábado, das 10 às 14 horas

www.escritoriodearte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>