TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quinta-feira

4

outubro 2012

0

COMENTÁRIOS

Repensando a curadoria: os novos desafios do curador de arte digital

Escrito por , Postado em Destacadas, Mercado da Arte Digital

rethinking-curating-sarah-cook-beryl-graham
rethinking-curating-sarah-cook-beryl-graham 01

“Rethinking Curating”, de Sara Cook e Beryl Graham

O livro Rethinking Curating (“Repensando a curadoria”), de Beryl Graham e Sarah Cook  (MITPress, 2010), é uma boa dica de leitura para os interessados em aprofundar questões sobre as atividades do curador de arte digital.

Como curador, Steve Dietz defende a artemídia como uma manifestação da arte contemporânea. No entanto, há aspectos que a diferencia das demais expressões. A artemídia envolve interatividade, redes e computação, e, muitas vezes, se centra no processo. Muitas obras de artemídia são difíceis de serem classificadas de acordo com as categorias tradicionais da arte de museu, determinadas pelo meio, geografia e cronologia.

Para o Dietz, esses trabalhos apresentam novos desafios que envolvem a interpretação, a exposição e a divulgação. Este livro apresenta esses desafios como oportunidade para repensar a prática curatorial. Ajuda curadores de artemídia a desenvolverem um conjunto de ferramentas flexíveis para trabalhar neste campo em rápida evolução. Oferece também lições úteis para curadores e artistas que trabalham no campo da arte distributiva e participativa.

Rethinking Curating explora as características distintivas da arte das novas mídias, incluindo sua imaterialidade e as novas relações de tempo e espaço e relacionando-as com as formas de arte contemporâneas como a videoarte, a arte conceitual, a arte socialmente engajada e a arte performática.

Seus autores, Beryl Graham e Sarah Cook, ambos com muita experiência em curadoria, oferecem exemplos de obras de arte e exposições para ilustrar como os papeis dos curadores e públicos podem ser redefinidos em função das características da artemídia. Eles discutem os modos de curadoria a partir do modo padrão de mostras em museus, até as exibições em festivais e as mais recentes formas híbridas de trabalho on e offline, incluindo a colaboração e as redes sociais.

Beryl Graham é educador, artistas, curador. Professor de New Media Art na Universidade de Sunderland e co-editor de Crumb)

Sarah Cook é pesquisadora e co-fundadora de Crumb. É também curadora de exposições de artemídia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>