TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

11

julho 2012

0

COMENTÁRIOS

A censura chinesa “pixeliza” Michelangelo

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas

O Museu Nacional da China festeja nesta semana seu centenário, organizando para a ocasião uma exposição de arte renascentista italiano que sofreu censura em reportagem sobre a mostra transmitida em meios oficiais chineses.

Uma das obras mais destacadas da exposição, Davi-Apolo, de Michelangelo (originária do Palazzo Bargello, de Florença), foi apresentada, na última segunda-feira, em uma reportagem da televisão nacional CCTV, mas com as genitais “pixeladas”, o que causou protestos de muitos chineses através das redes sociais do país. Na Weibo, o compartilhamento da notícia gerou mais de 100.000 comentários, muitos dos quais críticos à censura. Ainda assim, o presidente chinês, Hu Jintao, cumprimentou, em mensagem oficial, o museu por seus cem anos de esforços em proteger e mostrar a cultura chinesa e apontou a urgência de “aumentar suas coleções”.

A exibição conta com outras outras de Michelangelo, Leonardo Da Vinci, Botticelli e Rafael. Esta seria a maior mostra de arte italiana já ocorrida na China. O museu reaberto desde novembro de 2011 seria o maior do mundo em espaço físico, com 200.000 metros quadrados de exposição. (via)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *