TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

domingo

19

fevereiro 2012

1

COMENTÁRIOS

Conheça “Equilibrium”, projeto artístico de Guto Nóbrega

Escrito por , Postado em Estéticas Tecnológicas

Guto Nobrega - Equilibrium 3

Equilibrium é parte de uma ecologia de organismos híbridos em desenvolvimento. Trata-se de um sistema no qual uma planta e um mecanismo artificial compartilham uma relação mutual. Este sistema híbrido é composto de dois pequenos motores, células solares, microchip, luzes, sensores fotoelétricos e uma planta. Todo sistema é organizado na forma de uma balança cujo eixo pode girar como uma bússola. Um lado desta balança é ocupado pelo sitema artificial, um pequeno BEAM robô programado para atuar como “caçador de luz” (photovore behaviour). Este robô atua sobre duas hélices que permite todo o sistema girar em seu eixo no sentido horário e anti-horário. Uma pequena planta ocupa o outro lado da balança de forma que quando o sistema gira em seu eixo a planta é posicionada em direção a luz. Por sua vez, duas células solares posicionadas ao lado da planta também recebe luz e alimenta o sistema artificial de forma coerente.

Equilibrium é um artefato comum comportamento autônomo. Ele pertence a uma classe de híbridos artificiais emergentes da prática contemporânea de arte que investiga a criação de novos organismos criados pelo homem. Essa classe de seres aponta para novas questões com relação a interação, já que seu relacionamento com o observador não se baseia apenas em regras de causa e efeito. Mais do que uma resposta interativa a partir do comportamento humano, esses organismos demandam novos diálogos, requerem uma investigação mais profunda sobre sua própria natureza de forma a revelar a rede de significados a que pertencem. Se natureza é um conceito, nunca acessada objetivamente, mas apenas subjetivamente, e se arte é uma das mais poderosas ferramentas de subjetivação, o que em ultima instância diz respeito a nossa consciência, a hibridação de plantas e sistemas artificiais podem vir a trazer novos insights sobre o muindo em que vivemos e sua constante metamorfose.

Via @Guto Nóbrega

1 Comentário

  1. spencer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>