TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

segunda-feira

5

novembro 2012

0

COMENTÁRIOS

Dez razões para NÃO escrever sobre o mercado da arte

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas

thorton-mercado-da-arte

Sarah Thornton, autora do conhecido livro “Sete dias no mercado da arte”, se retira do jornalismo sobre o mercado da arte. Essa liberdade lhe permite falar com franqueza sobre uma indústria que, frequentemente, está baseada em relações pessoais.

thorton-mercado-da-arte

Em artigo publicado na revista TAR, Sarah Thornton apresenta uma visão crítica desse universo, ao apontar “dez razões para não escrever sobre o mercado da arte”. Em síntese, as razões de Thornton apontam para uma regulamentação limitada do mercado secundário de leilões, onde o dinheiro não agencia precisamente os ideais dos artistas ou as palavras dos críticos. Thornton apresenta, assim, uma crítica perspicaz ao mercado da arte e aos que escrevem sobre ela que, embora tenha decidido não escrever mais sobre o tema, por anos o fez com responsabilidade.

Aqui estão as “Dez razões para não escrever sobre o mercado da arte, de Sarah Thornton :

1. Dá muita importância aos artistas cujas obras alcançam preços elevados.

2. Permite que os manipuladores divulguem aqueles artistas cujos preços das obras sobem em leilões.

3. Nunca parece conduzir a uma regulamentação.

4. As histórias mais interessantes são calúnias

5. Os milionários e ditadores não são cool.

6. Escrever sobre o mercado da arte é dolorosamente repetitivo.

7. Comunicados de imprensa incrivelmente estúpidos lhe são enviados.

8. O dinheiro passa a ser mais importante que a própria arte

9. Amplifica a influência do mercado da arte.

10. O pagamento é terrível.

Veja o artigo completo aqui (clique na imagem para ampliá-la):

Visto em Hyperallergic

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>