TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quinta-feira

10

maio 2012

0

COMENTÁRIOS

O mercado da arte está louco? Novo recorde de Roy Lichtenstein

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas

roy linchenstein sleeping girl

Depois do recorde do leilão de “O Grito”, de Edward Munch, vendido por quase 120 milhões de dólares, do lance de 86,9 milhões para “Laranja, vermelho, amarelo”, de Mark Rothko, agora é a vez de “Sleeping Girl”, do artista pop Roy Lichtenstein atingir um preço recorde de 45 milhões de dólares.

A obra, de 1964, foi leiloada por 44.882.500 dólares. Até agora, o quadro mais caro do artista, que morreu há 15 anos, foi vendido em novembro passado a 43,2 milhões de dólares. Pouco depois da venda do quadro de Lichtenstein, outra obra foi vendida por igual valor: “Figure Writing Reflected in Mirror” (Figura escrevendo refletida no espelho), uma das obras mais vigorosas de Francis Bacon, realizada pelo irlandês, que morreu em 1992.

Então, o mercado da arte está louco?

Os recordes de venda de obras de arte refletem o aumento da importância do setor. Se antes a arte ficava reservada a uma pequena elite, hoje os museus atraem mais visitantes do que os eventos esportivos.

No mercado da arte da arte contemporânea, especulam-se valores. O que é questionável é se não se está formando uma borbulha no setor, inflamando preços, valorizando mais além do que realmente valeriam. Fato é que a arte tem se tornado um negócio milionário, uma forma de inversão similar a ações, imóveis ou ouro.

Sabe-se que, nem sempre, por trás dos recordes há operações simples. Uma galeria pode querer adquirir a obra de seu artista. Logo poderá fazer o possível para evitar a venda, fazendo com que eleve o seu preço da peça. Também uma galeria que tenha contato com um determinado artista pode declarar a existência de uma lista de espera para adquirir suas obras. Na realidade, essa é uma manobra para manter elevado o preço.

Embora certos métodos não sejam limpos, o mercado da arte vem se firmando como um setor importante para realizar inversões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>