TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

segunda-feira

18

junho 2012

0

COMENTÁRIOS

O valor da indústria da criatividade

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas, Mercado da Arte Digital

valor industria criatividade

Behance.net, DevianArt.com, EveryArt.com, Pictify.com são empresas e redes sociais que atendem a um crescente número de pessoas que se consideram criativas. Essas empresas acreditam que há um mercado para distribuição da arte que vai além das galerias e museus. Se por um lado seus fundadores veem a oportunidade de gerar economia no setor, além de promover a democratização da cultura, por outro, o campo das artes vive um dilema sobre a natureza da própria arte e da criatividade, a distinção entre profissionais e amadores.

Então, enquanto críticos e curadores se encarregam de atribuir o valor estético da obra, o valor da indústria da criatividade tem permitido a criação de novas oportunidades de negócio no mercado da arte que visem a conectar artistas, fotógrafos e designers ao grande público.

No artigo “Web Sites Illuminate Unknown Artists”, publicado no jornal The New York Times, em 17 de junho de 2012, Melena Ryzik apresenta uma série de novos empreendimentos gerados no setor das artes. Em especial destaca “Art Takes Time Square” (ArtistsWanted.org) que exibe o trabalho artístico ganhador do concurso em um letreiro de 23 andares na Times Square. Milhares de artistas anônimos que ainda não tiveram seus projetos expostos em museus e galerias veem aqui a possibilidade de entrar no circuito da arte. É o caso de Vicki DaSilva, de 52 anos, ganhadora da última edição do concurso. Sua obra de grafite de luz com as palavras “never” e “sorry”, uma homenagem ao artista e dissidente Ai Weiwei iluminará a Times Square.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>