TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

segunda-feira

20

agosto 2012

0

COMENTÁRIOS

País Interior, o trabalho de refotografia do coletivo Cia de Foto

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas

cia-de-foto-01

País Interior, trabalho de refotografia do coletivo Cia de Foto, é uma releitura de Terra em Transe (Glauber Rocha, 1967), um ensaio feito a partir da captura e colorização dos fotogramas, entremeados por textos que combinam fragmentos do roteiro, com excertos críticos sobre fotografia e estéticas e remixes dos áudios originais de Terra em Transe. Na defasagem criada entre a imagem, o texto e o áudio projeta-se uma outra história. Ela se desenvolve, simultânea e paradoxalmente, na separação entre o que se apreende pelo visível e pelo dito e na expressão dos corpos que não se dissolve do fluxo audiovisual, faiscando em uma espécie de atração e reação.

Na tensão entre as matérias que se tocam e se distanciam descompassadas pulsa, lá dentro, uma paisagem. Mas não um landscape, nem um indoor, e sim uma paisagem do íntimo e dos gestos. “Interrompemos o movimento e tiramos do filme seu estado de cinema. Suprimindo o movimento e as palavras, restaram os atos desencarnados expelindo garantias de recomeços. Abriu-se, pois, a travessia para o interior de onde emerge este ensaio. A vida dada a essas fotografias é a vitória do tempo, que, como sujeito, mora nesse filme e chega a nós, expirando um futuro. Já eram fotografias antes mesmo de iniciar-se o filme que constituíram, sem perderem a condição de unidade, e sobreviveram em um mundo que já não precisa respeitar imagem”, afirmam os artistas da Cia de Foto.

País Interior, o trabalho de refotografia do coletivo Cia de Foto, é uma das obras participantes da III Mostra 3M de Arte Digital, que ocorre no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, entre os dias 15 de agosto e 16 de setembro de 2012.

Sobre o coletivo:

Cia de Foto é um coletivo baseado em São Paulo, Brasil, que existe desde 2003, formado por Pio Figueroa (Recife, 1974), Rafael Jacinto (São Paulo, 1975), João Kehl (São Paulo, 1982) e Carol Lopes (Recife, 1982). Desenvolve projetos que questionam o espaço das imagens e seu entendimento, alargando fronteiras e aproximando as linguagens. A Cia de Foto participou de diversas exposições nacionais e internacionais, com destaque para BES Photo 2012 (Lisboa e Sao Paulo),  Photo Quai (Paris), Netherlands Fotomuseum (Rotterdam) e Labirinto de Miradas (Madrid).

©Texto de divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>