TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quinta-feira

7

junho 2012

3

COMENTÁRIOS

Panorama do Mercado da Arte Digital

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas, Mercado da Arte Digital

mercado arte digital

Existe um mercado para a arte digital? Qual o valor mercadológico da arte digital? Definitivamente, viver da criação de sua arte não é aspiração de muitos artistas de arte digital. Muitos artistas visuais, a partir do uso de tecnologias, buscam experimentar novas possibilidades de criação, o que tem dado origem a uma série de trabalhos artísticos nos mais diferentes suportes e formatos. Suas criações, ainda que timidamente, já estão em museus, galerias e feiras de arte, são exibidas em festivais de arte e tecnologia que ocorrem pelo mundo. No entanto, a grande maioria delas não estão à venda, seja porque seus criadores não tem a intenção de comercializá-las, seja porque não encontram meios de inseri-las na lógica de mercado de obras de arte.

Considerando a segunda hipótese, a falta de estruturação do setor é o aspecto fundamental que impede a normalização da produção das novas práticas artísticas e sua distribuição. Aliado a isso estão a carência de professionais especializados que possam atuar como intermediários e a necessidade de formação de um mercado comprador da arte digital.

No mercado da arte, a arte digital, pouco a pouco, vem ganhando espaço a partir de iniciativas, isoladas ou coletivas, que possibilitam a sua distribuição. Aqueles que se aventuram a negociar encontram dificuldades de criar uma cultura de investimento nesse tipo de arte.

A comercialização de obras de arte digital ainda engatinha e busca encontrar seu nicho de mercado que permita, com o tempo, estabelecer seu valor mercadológico. É este um período em que parece estar se formando uma borbulha no mercado da arte digital, com preços inflamados e supervalorização das obras de arte. Comprar e vender arte se tornou um investimento tão ou mais rentável que as ações na bolsa ou o ouro. Então, por que a arte digital encontra tanta dificuldade para se afirmar no setor?

Nas próximas semanas publicarei uma série de artigos sobre o panorama do mercado da arte digital, mostrando iniciativas que estão dando certo e as carências do setor.  O objetivo é contribuir para a formação de uma visão crítica acerca do atual estado da arte digital, incentivando o desenvolvimento de novas iniciativas que visem a ampliar as possibilidades de comercialização desse tipo de arte.

Artigos já publicados:

- Postmasters e Bitforms, galerias pioneiras a comercialização do mercado da arte digital

- [s]edition, o shopping online de arte digital

- 15 publicações comprometidas com as artes do século XXI

- Museu de Arte Super Moderna, o lugar de exposição da net.art

- Os desafios dos museus para a conservação da arte digital

- Museus e artemídia: estratégias de conservação das mídias variáveis

- Preservação da artemídia: intervista com Jon Ippolito

3 Comentários

  1. Rion

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>