TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

sexta-feira

23

março 2012

0

COMENTÁRIOS

Performance: Será que estamos nos tornando prisioneiros do mundo virtual

Escrito por , Postado em Destacadas, Estéticas Tecnológicas

prisioneiro internet hikikomori 02

A artista australiana Eugenia Lim começa hoje a performance extrema Stay Home Sakoku: the Hikikomori Project. Durante uma semana ela ficará fechada em uma sala de 5m x 5m na galeria West Space, em Melbourne (Austrália). Nesse período de reclusão, o único contato que a artista poderá manter será com o público através da internet. O espaço foi transformado em um quarto de um adolescente.

A obra se inspira no fenômeno japonês denominado hikikomori, que significa, literalmente, isolar-se e indica o transtorno sociológico típico do Japão, forte sintoma de desequilíbrio psíquico. Esta síndrome, que afeta sobretudo os adolescentes, os leva à reclusão voluntária no interior de seus quartos que se tornam pequenos mundos. Recusam qualquer tipo de contato que não seja virtual.

É possível que as novas tecnologias em vez de nos liberar está transformando-nos em prisioneiros de nossas próprias ferramentas? Fato é que cada dia somos mais dependentes da tecnologia e das aplicações da web 2.0, o que está gerando uma nova espécie de reclusão, muito diferente àquela de estar no quarto para escutar música, falar ao telefone com os amigos, navegar pela Rede. Trata-se de uma reclusão que leva os cidadãos a isolar-se em seus próprios aparelhos, conectados digitalmente com o resto do mundo.

No período da performance, a vida cotidiana de Lim poderá ser acompanhada em tempo real na página Stay Home Sakoku: the Hikikomori Project. O público poderá ainda conversar online com a artista que nos convida a refletir “o significado de ter uma vida digital”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>