TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

sexta-feira

27

julho 2012

0

COMENTÁRIOS

18º Festival de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil: inscrições até 15 de outubro

Escrito por , Postado em Call for Contributions, Concursos, Destacadas, Eventos

videobrasil-sesc

Aberta até 15 de outubro de 2012 a convocatória Panoramas do Sul – 18º Festival de Arte Contemporânea SESC_Brasil – seleciona artistas provenientes de América Latina, Caribe, África, Europa do Leste, Oriente Médio, Oceania e Sul da Ásia. Podem participar trabalhos em quaisquer linguagens ou formatos. A exposição, que acontece a partir de outubro de 2013, inclui premiação na forma de bolsas de residência em instituições internacionais parceiras. O processo de inscrição para seleção é totalmente on-line.

18º Festival de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil

No momento em que celebra trinta anos de existência, o Festival Internacional de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil coloca-se mais uma vez sob o signo da mudança, postura que caracteriza sua trajetória desde a década de 1980 até o presente, em sua 18ª edição. Dinamismo e inquietude caracterizam o compromisso de estar sempre atento às questões contemporâneas, que de diversas formas orientam a experiência artística na atualidade. Por esse motivo, o Festival se reinventa constantemente: reconfigura, expande e aprimora os modos de seleção, exposição e reflexão.

Nesta 18ª edição, Panoramas do Sul compõe-se não só de trabalhos inscritos e selecionados via convocatória pública, mas também de obras de artistas convidados. Se a seleção por aplicação traz sempre um importante componente de surpresa, risco e renovação, o aporte dos artistas convidados cria vigorosas relações de tensionamento na construção curatorial da exposição, adensando sua proposta. A ideia central, neste novo arranjo, é articular um processo curatorial guiado por questões e contextos vindos das obras inscritas.

Dando prosseguimento ao movimento iniciado na mais recente edição, em 2011, podem ser inscritas para participar de Panoramas do Sul obras em qualquer formato, linguagem ou suporte, por meio do site da Associação Cultural Videobrasil. O envio de documentos, portfólios, imagens e vídeos agora é feito on-line e, em concordância com a política da instituição, utilizando ferramentas digitais de uso aberto e gratuito.

Esta edição reforça a importância da convocatória de obras como um método claro e inclusivo de seleção de artistas, a partir da qual serão definidos os pontos de partida conceituais da exposição. Com a atuação da Comissão Curatorial, são aprofundadas as discussões sobre esses critérios, não só entre artistas e curadores, mas também envolvendo outros níveis institucionais e políticos. Acreditamos que esse movimento de abertura baseado na reflexão crítica contribui para o amadurecimento do sistema cultural brasileiro.

Além dessas relevantes mudanças, como marca da maturidade alcançada neste 30º aniversário do Festival, o Videobrasil se estabelece também como uma plataforma de contato entre a memória dessa experiência e as rearticulações propostas pelos temas e questionamentos do tempo presente: o Acervo Videobrasil, representativo conjunto de obras de videoarte e performance das últimas décadas, está em processo de digitalização e renovação de sua plataforma de pesquisa. Com essa ação, um surpreendente corpo de trabalhos estará mais bem organizado e mais acessível para consulta, possibilitando apropriações e reverberações.

Assim, o Prêmio Ateliê Aberto, criado em 2010 para comissionar obras desenvolvidas em processos abertos de diálogo, foi reformulado e dá lugar ao Prêmio Videobrasil em Contexto. A partir de uma parceria com a Delfina Foundation, de Londres, e a Casa Tomada, em São Paulo, o Prêmio ativa o acervo da instituição, tornando-o material vivo de pesquisa, produção e reflexão, além de colocá-lo em circulação de maneira inovadora. As pesquisas envolvidas, cujos desdobramentos incluem ainda uma publicação on-line, serão também incorporadas ao acervo.

Ao lado dessas transformações, o Festival segue reafirmando seu território de ação, com foco na produção artística da América do Sul, América Central, México, Caribe, África, China, Oriente Médio, Oceania, Europa do Leste, Sul e Sudeste Asiático. Essa escolha, fundamentada em valores de transversalidade e invenção, se faz com o objetivo de cartografar circuitos artísticos em expansão ou (re)configuração. Longe de uma postura vertical ou exclusivista, o Festival dedica-se à criação de plataformas de visibilidade, troca e fortalecimento de eixos pautados na diversidade geopolítica e nas formas particulares como artistas de determinados países e regiões se inserem criticamente no mundo da arte. Para isso, estabelece e amplia redes de parceria e intercâmbio entre artistas, curadores e instituições.

Informações para o artista sobre o custo-benefício de editais
As informações abaixo, todas de caráter objetivo, copiadas do edital, servem para ajudar o artista iniciante a decidir sobre a sua participação no evento em questão.Leia sobre esta iniciativa do Canal no Salões&Prêmios.

GANHO PARA INSCRITOS: nenhum

GANHO PARA SELECIONADOS: O festival concederá prêmios em dinheiro e de residência artística. (Não foi informado valores)

CUSTOS OPERACIONAIS:
- A inscrição é gratuita e deve ser feita online.
- Documentação visual e ou sonora da(s) obra(s)

Regulamento

18° FESTIVAL INTERNACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA SESC_VIDEOBRASIL

CONVOCATÓRIA: PANORAMAS DO SUL

A presente convocatória visa selecionar obras para compor o Panoramas do Sul. Essas obras serão ponto de partida para definição de eixos curatoriais, segundo os quais serão convidados artistas que integrarão a exposição. Realizada no Sesc Pompéia, São Paulo (Brasil) em outubro de 2013, a mostra poderá itinerar por outros espaços expositivos. Antes de efetuar sua inscrição, leia atentamente o statement curatorial, bem como, todos os itens listados abaixo.

1. REQUISITOS

Serão aceitas obras de todos os tipos de linguagens artísticas e suportes produzidos por artistas visuais nascidos ou radicados há mais de cinco anos nos países do Sul geopolítico do mundo (América do Sul, América Central, México, Caribe, África, China, Oriente Médio, Oceania, Europa do Leste, Sul e Sudeste Asiático).

1.1. Número de obras

Cada participante poderá submeter até 3 (três) obras. A Comissão Curatorial poderá selecionar uma ou mais obras do mesmo artista, dupla ou coletivo.

2. INSCRIÇÕES

A inscrição é gratuita e deve ser feita online através deste site (a partir da seção Inscrições). Não há restrição quanto a linguagens e técnicas artísticas.

Para todas as inscrições (individuais, duplas ou coletivos artísticos), apenas um representante deverá ser designado para o preenchimento do formulário. Este representante será responsável, além da inscrição, por todas as negociações e contratos que venham a ser firmados com a Associação Cultural Videobrasil, caso sua(s) obra(s) seja(m) selecionada(s).

A inscrição se dará em 3 etapas:

ETAPA 1 – CADASTRO: O artista responsável pela inscrição deverá realizar o cadastro, indicando um e-mail de usuário e senha. Estas informações serão solicitadas cada vez que o artista necessitar acessar ou alterar o formulário de inscrição, antes de gerar o protocolo com o número de inscrição de confirmação.

ETAPA 2 – DADOS DO(s) ARTISTA(s) E OBRA(s): Poderão ser inscritas no máximo 3 obras por artista, dupla ou coletivo. Ver detalhes no item 2.2.

ETAPA 3 – ACEITAÇÃO DOS TERMOS DE COMPROMISSO: Após o preenchimento de todos os campos corretamente, o artista deverá aceitar todas as cláusulas presentes da convocatória e apertar o botão enviar. Cada obra inscrita gerará um número de protocolo e um e-mail de confirmação, que deverá ser mantido pelo artista. Só serão consideradas inscritas as obras que possuírem este número de inscrição.

2.1. Prazo

Somente serão aceitas inscrições concluídas até o dia 15 de outubro de 2012.

2.2. Materiais necessários para inscrição

Antes de iniciar sua inscrição, lembre-se de ter em mãos documentação biográfica sobre o artista ou coletivo e referente a(s) obra(s). Veja abaixo o detalhamento dos materiais que serão requisitados durante a inscrição.

Artista | Coletivos

· Dados Pessoais

· Biografia resumida [Campo para preenchimento | máximo 1000 caracteres]

· Currículo do artista, dupla ou coletivo [fazer upload em formato doc ou PDF, tamanho máximo 1 MB]

· Portfolio do artista, dupla ou coletivo [fazer upload em formato PDF, tamanho máximo 5 MB]

Obras [Máximo de 3 obras por artista, dupla ou coletivo]

· Texto de apresentação de cada obra inscrita [Campo para preenchimento | máximo 1000 caracteres]

· Memorial descritivo com as especificações gerais de cada obra inscrita, ficha técnica e manual detalhado de montagem com indicação exata do número de materiais e equipamentos necessários [fazer upload em formato doc ou PDF, tamanho máximo 5 MB]

· Documentação visual e ou sonora da(s) obra(s) [ver item 2.3]

Outros

· Textos de referência sobre artista ou obra, se houver [fazer upload em formato doc ou PDF, tamanho máximo 1 MB]

2.3. Os arquivos referentes à(s) obra(s) inscritas podem ser submetidos nos seguintes formatos e tamanhos:

• Vídeo (cópia para visionamento/viewing copy): realizar o upload por meio da plataforma Vimeo* e indicar o link no campo designado. Caso o vídeo tenha acesso restrito, enviar a senha do link. No caso de obras em vídeo em outro idioma que não o português ou espanhol, as obras deverão vir legendadas em inglês.

• Áudio: MP3, tamanho máximo 5 MB

• Imagem: PDF, JPG, PNG, tamanho máximo 5 MB

*www.vimeo.com (o cadastramento no Vimeo é gratuito).

2.4. Impedimentos para inscrição

É vedada a participação de:

- Funcionários e estagiários do SESC-SP e da Associação Cultural Videobrasil e seus parentes (cônjuges, companheiros, parentes até terceiro grau, afins e dependentes);

- Integrantes da Comissão Curadora e seus parentes (cônjuges, companheiros, parentes até terceiro grau, afins e dependentes);

- Pessoas contratadas (físicas ou jurídicas) para a realização do Panoramas do Sul;

Inscrições de pessoas impedidas serão invalidadas em qualquer fase da seleção.

3. SELEÇÃO E RESULTADOS

As obras selecionadas para integrar o Panoramas do Sul serão definidas a critério da Comissão Curatorial do Festival. Os resultados da seleção serão divulgados até dezembro de 2012, no site www.videobrasil.org.br. Os artistas selecionados serão convidados para participar de atividades institucionais e solicitados a enviar materiais adicionais.

3.1. Materiais adicionais para efetivação da seleção

Aos artistas com obras selecionadas será necessário o envio dos seguintes materiais: especificações para manutenção e conservação da obra no espaço expositivo, indicação do endereço de localização das obras, informações para transporte e valores de seguro (ver item 3.2), foto do artista, dupla ou coletivo.

No caso de obras em vídeo, os selecionados deverão fornecer a transcrição das falas em arquivo doc ou srt para tradução e legendagem em português.

O não fornecimento destes materiais nos prazo solicitado pelo Festival poderá acarretar na desclassificação da obra selecionada.

3.2. Transporte e seguro das obras selecionadas

No caso de obras bidimensionais ou tridimensionais, o festival se responsabilizará por coletar as obras selecionadas. É importante notar que tais obras deverão estar localizadas em um único endereço, o festival não fará coleta em endereços distintos. Cabe ao artista negociar a liberação das obras junto às galerias, museus e/ou colecionadores que, eventualmente, sejam detentores das mesmas.

3.3 Cessão de direitos

Os selecionados serão convidados a ceder à Associação Cultural Videobrasil os direitos de transmissão, difusão, arquivo, uso de trechos para fins promocionais e por serviços de mídia digital (internet, DVD) incidentes sobre suas obras. As cópias das obras selecionadas ficarão em propriedade da Associação Cultural Videobrasil, como parte do acervo histórico do Festival, e poderão ser acessadas gratuitamente pelo público.

No caso de obras em vídeo, os inscritos autorizam a cópia e legendagem em português por parte da Associação Cultural Videobrasil.

4. PREMIAÇÃO

O festival concederá prêmios em dinheiro e de residência artística. A premiação dá continuidade à política do Videobrasil de promover e dar visibilidade à arte produzida no Sul geopolítico do mundo, estabelecendo colaborações e parceiras com diversas instituições. Os resultados serão divulgados brevemente no site do Videobrasil e através de diversos meios de comunicação.

Em se tratando de duplas ou coletivos, apenas um artista será designado para o recebimento do prêmio.

As obras premiadas serão definidas a critério do júri do Festival, que poderá, ainda, conceder menções especiais. O júri é soberano, e sua decisão final é irrevogável.

5. ITINERÂNCIA

As obras selecionadas na Convocatória Panoramas do Sul poderão ser incluídas no programa Itinerância Videobrasil, que viajará para locais de exibição no Brasil e no exterior. Outras obras poderão ser incluídas no mesmo programa, a critério da Comissão Curatorial.

Maiores informações 18festival@videobrasil.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>