TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

5

dezembro 2012

1

COMENTÁRIOS

4º Seminário Internacional Rumos Jornalismo Cultural começa hoje

Escrito por , Postado em Destacadas, Encontros, Eventos, Transmissão ao vivo

media on seminario jornalismo cultural

Como a abundância de informação na internet e o acesso fácil e rápido a esse conteúdo altera o papel do jornalista? Essa é apenas uma das questões que o Seminário Internacional Rumos Jornalismo Cultural aborda em sua 4ª edição, que acontece de 5 a 7 de dezembro. Neste ano, o evento ocorre simultaneamente ao MediaOn – 6º Seminário Internacional de Jornalismo Online realizado entre os dias 4 e 6 de dezembro pelo Itaú Cultural e pelo Terra. Os encontros discutem o jornalismo e a comunicação no século XXI e como o novo jornalista se comporta – ou deveria se comportar – diante dos fenômenos causados pelas redes sociais, pela colaboração e pela mobilidade.

media on seminario jornalismo culturalO 4º Seminário Internacional Rumos Jornalismo Cultural tem como foco a análise, reflexão e discussão sobre a reconfiguração do papel do jornalista cultural diante da cultura em rede. Atualmente sites, blogs, mídias sociais, comunidades de interesse e projetos colaborativos estão colocando o público em contato direto com fontes e produtores, sem intermediários.

Desse modo, o jornalista não é mais o responsável por barrar alguém ou alguma obra, mas um vigia, um observador de múltiplas telas que o informam sobre o que está repercutindo no mundo virtual. A perda de influência é apenas um dos dilemas do jornalismo cultural diante da cultura em rede. Sua reconfiguração é o tema do encontro, que conta com a curadoria de Cristiane Costa e a consultoria de Fabio Malini e José Geraldo Couto.

Confira aqui a programação completa do evento.

05 de dezembro 

ABERTURA: JORNALISMO CULTURAL NA ERA DIGITAL: DO PÚLPITO PARA A CONVERSAÇÃO COM AS AUDIÊNCIAS

Quarta-Feira – 20h00

A desintermediação e o critério social mudaram de maneira radical a forma como o público acessa a informação sobre cultura. Jornalistas deixam de falar na tribuna, que tornava suas críticas quase impossíveis de rebater, para se misturarem a um coro de vozes que buscam ser escutadas. Seus critérios e profissionalismo são postos à prova a cada momento. Para alguns, isso é uma tragédia, para outros, uma grande oportunidade.

[com Gumersindo Lafuente]

[apresentação Pablo Miyazawa]

06 de dezembro

PAINEL 1: SE É BOM NÃO VENDE, SE VENDE NÃO É BOM: DESDE QUANDO GOSTO NÃO SE DISCUTE?

Quinta-Feira – 15h00

Por que tudo o que os críticos gostam eu detesto e por que eles detestam tudo o que eu gosto? Há gosto para tudo? Ainda é possível falar em valores estéticos, bom gosto e mau gosto? O divórcio entre alta e baixa cultura. O fenômeno dos virais.

[com Angélica de Moraes, Lobão e Sergio Rodrigues]

[mediação José Geraldo Couto]

06 de dezembro

PAINEL 2: CURADORIA DE INFORMAÇÃO E JORNALISMO CULTURAL NA ERA DIGITAL

Quinta-Feira – 17h30

O conceito de curadoria vem ganhando cada vez mais espaço com as mídias digitais. Sites como o Flipboard, o Zite e o Scoop.it permitem que o leitor seja seu próprio curador e compartilhe suas preferências com amigos e comunidades formadas por afinidades eletivas. Linkar se torna uma prática discursiva que leva o público a deixar a posição passiva e se tornar autor, crítico, divulgador, coprodutor. Até que ponto essa nova realidade afeta repórteres e editores?

[com Giselle Beiguelman, Javier Celaya e Mànya Millen]

[mediação Cristiane Costa]

06 de dezembro

PAINEL 3: FORA DA ZONA DE CONFORTO

Quinta-Feira – 20h00

Concentrados nos bairros da moda do eixo Rio/São Paulo, os principais jornais e revistas demoraram a perceber o vigor cultural das periferias. E ainda mais a pulverização criativa dos coletivos culturais. Hoje, as mídias sociais são o principal espaço para divulgação dessa produção artística em ascensão. Artistas e produtores descobriram novas formas de sustentabilidade numa estrutura midiática em que fãs passam a ser amigos e parceiros. A imprensa tende a se tornar um intermediário dispensável?

[com Alex Primo, Armando Antenore e Emicida]

[mediação Fabio Malini]

07 de dezembro

OFICINA DE NEWSGAMES

Sexta-Feira – 13h30

Não é preciso ser programador ou gamemaníaco para participar deste workshop que vai ensinar como transformar notícias em games. Os grupos vão aprender a criar protótipos baseados em eventos do noticiário e técnicas para comunicar ideias a partir de jogos digitais e não digitais, além de conhecer os mais importantes trabalhos desse novo campo do jornalismo.

[com Gonzalo Frasca]

[20 vagas – inscrições pelo e-mail itaucultural@comunicacaodirigida.com.br]

07 de dezembro

PAINEL 4: GAME TAMBÉM É CULTURA?

Sexta-Feira – 18h30

A indústria de entretenimento que mais fatura no mundo, à frente até do cinema, também produziu o primeiro tipo de narrativa genuinamente digital. Estaria nascendo uma nova forma de arte?

[com Arthur Protasio, Espen Aarseth e Lucia Santaella]

[mediação Marcos Cuzziol]

07 de dezembro

EXIBIÇÃO DO VÍDEO A MECÂNICA DO JOGO, DOCUMENTÁRIO HIPERMÍDIA E INTERATIVO QUE PROCURA ENTENDER O PAPEL DA INDÚSTRIA E CULTURA DE JOGOS NO BRASIL.

Sexta-Feira – 20h30

[em seguida, breve debate com Bruno Araújo e Carlos Oliveira]

* Lembre-se: Todas as mesas do 4º Seminário Internacional Rumos Jornalismo Cultural e do MediaOn – 6º Seminário Internacional de Jornalismo Online serão transmitidas ao vivo pelo site do MediaOn.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>