TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

9

maio 2012

0

COMENTÁRIOS

Cinco livros da coleção Arte & Tecnologia do OI Futuro serão lançados na SP-Arte

Escrito por , Postado em Destacadas, Encontros, Eventos, Exibições, Exposições

oi-futuro-arte-e-tecnologia

O Oi Futuro lançará durante a 8a edição da SP-Arte cinco livros de artes visuais – “Pulso Iraniano”, “File Game Rio 2011: Eu quero jogar”, “High Tech/Low Tech – Formas de Produção”, “O que é preciso para voar” de Brígida Baltar” e “Tony Oursler” – comemorando a marca de 65 publicações de sua coleção Arte & Tecnologia. O lançamento das publicações acontecerá no dia 09 de maio, a partir das 17h30, no lounge Oi Iguatemi. As duas empresas patrocinam pela quinta vez a maior feira internacional de arte de São Paulo, com o apoio cultural do Oi Futuro. A SP-Arte acontecerá de 09 a 13 de maio no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera.

A coleção Arte & Tecnologia foi criada pelo Oi Futuro inicialmente para compor a Biblio_Tec de seu centro cultural no Rio de Janeiro, suprindo a falta de publicações do gênero no Brasil, e transformou-se numa das maiores fontes de conhecimento sobre o tema, com livros cobrindo importantes obras de artistas como Andy Warhol, Lenora de Barros, Wlademir Dias-Pino, Vicente de Mello, Gabriele Basílico e Nam June Paik.

“Com a coleção, pensamos em estender nossa curadoria a registros das exposições que não fossem meros catálogos, mas livros de relevância. Com o tempo e o patrocínio da Oi, o projeto cresceu e passou a reunir, em alguns casos, todos os trabalhos de um artista”, conta Maria Arlete Gonçalves, diretora de Cultura do Oi Futuro. Os novos livros a serem apresentados durante a SP-Arte foram produzidos em parceria com as editoras Aeroplano, Dois e Automática, sendo que alguns já estão disponíveis para venda nas principais livrarias de São Paulo.

“PULSO IRANIANO”

“Pulso Iraniano” traz um panorama da exposição que aconteceu em setembro de 2011, no Oi Futuro, no Rio de Janeiro, incluindo obras inéditas de importantes artistas contemporâneos iranianos. Vídeos e fotografias foram divididos nos temas “Guerra”, “Tradições”, “Mulheres”, “Poesia”, e “O Espírito da Celebração”. Entre eles, 60 fotografias de jovens artistas do cineasta Seifollah Samadian e traduções das obras dos principais poetas do país feitas pela poetisa Sanam Emami, com destaque para a obra “Divan”, da artista Hafiz (século XIV), que alcança o mesmo índice de vendas que o Alcorão, no Irã.

“FILE GAMES RIO 2011: EU QUERO JOGAR”

A publicação traz projetos inéditos de videoinstalações, videoperformances e jogos eletrônicos que foram apresentados durante o FILE Games Rio – Eu quero jogar, de abril a maio de 2011, no Oi Futuro, no Rio de Janeiro. Entre os destaques “Tantalus Quest”, de Fabiano Onça & Colméia, instalação onde câmeras instaladas no teto do espaço captaram a formação dos participantes, que se aproximou ao máximo da forma geométrica apresentada e “The Boom Shakalaka”, instalação dos americanos Lucas Werthein & Jason Aston, que criou um mundo paralelo, “com física em tempo real, retratando obstáculos enfrentados no mundo real”.

“HIGH TECH/LOW TECH – FORMAS DE PRODUÇÃO”

“High Tech/Low Tech – Formas de produção“ reúne obras de 20 destacados artistas brasileiros e estrangeiros que discutem o conceito de tecnologia, seus processos e suas promessas. A exposição, realizada no início deste ano no Oi Futuro, no Rio de Janeiro, reuniu esculturas, performances, fotografias e vídeos de diversos artistas brasileiros e estrangeiros como Adriana Barreto, Kátia Maciel/André Parente, Ali Kazma, Roman Signer e Vicente de Mello.

“O QUE É PRECISO PARA VOAR”

Brígida Baltar foi buscar nas reminiscências da infância e na relação com seu irmão, Cláudio Baltar, o mote para uma utopia: o desejo de voar. O resultado dessa busca foi tema da exposição O que é preciso para voar, de 12 de julho a 28 de agosto no Oi Futuro, no Rio de Janeiro, que agora é retratada nessa publicação. Vídeos, objetos, maquetes e trabalhos em neon da artista foram apresentados no centro cultural, reunindo cerca de 12 obras inéditas.

“TONY OURSLER”

O artista americano Tony Oursler, um dos mais importantes nomes da videoarte mundial, trouxe para o Oi Futuro, no final de 2010 e início de 2011, a exposição individual Projetor.Entre os trabalhos selecionados, estão vídeos do início da carreira de Tony, desenhos, dois trabalhos de uma das séries expostas na Galeria Lehman Maupin, em Nova York, dois trabalhos da última década – Cell phone (2008), e Climaxed (2005) – e duas instalações, incluindo a antológica Judy, de 1994, inspirada na síndrome da múltipla personalidade, em que uma figura vai se transformando em outra ao longo do espaço expositivo. Uma característica de seu trabalho é a constante absorção de toda evolução técnica da reprodução de imagens, em que utiliza a tecnologia de ponta disponível.

SERVIÇO

SP-Arte 2012

Pavilhão da Bienal do Ibirapuera

Lounge Oi Iguatemi

Lançamento dos livros “Pulso Iraniano”, “File Game Rio 2011: Eu quero jogar”, “High Tech Low Tech – Formas de Produção”, “Brígida Baltar” e “Tony Oursler”

Dia 09 de maio, quarta-feira, a partir das 17h30

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>