TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

27

março 2013

0

COMENTÁRIOS

Cursos teóricos do Parque Lage

Escrito por , Postado em Cursos, Destacadas, Encontros, Eventos

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage apresenta seu programa de cursos teóricos para o primeiro semestre de 2013. Voltada prioritariamente para o campo das artes visuais contemporâneas, com ênfase em seus aspectos interdisciplinares e transversais, a escola abrange também outros campos de expressão artística contemporânea (música, dança, cinema, teatro), assim como literária (literatura, poesia), vistos em suas relações com a visualidade.

curso arte contemporanea

- Os territórios da fotografia: Modos de ver a fotografia contemporânea

Palestra com Ângela Ferreira

18 de março, às 18h

O encontro é destinado aos interessados em explorar e conhecer a linguagem da fotografia e analisar as suas incursões na teoria da arte contemporânea, em particular da fotografia como arte.

- Reconfigurações da imagem  

Oficina de curta duração com Antonio Fatorelli

Quinta, de 4 a 25 de abril | 19h às 21h

As mutações estéticas e éticas promovidas pela cultura digital colocam em perspectiva as definições tradicionalmente associadas aos meios fotográfico, videográfico e cinematográfico, enquanto estabelecem as condições favoráveis à emergência de um pensamento crítico. O objetivo do curso, teórico, é apreender esses deslocamentos provocados pelas tecnologias digitais no âmbito do pensamento crítico e da prática artística. As aulas estão organizadas de modo a combinar a abordagem teórica com as análises de filmes, de fotografias e de instalações multimídia.

- O processo criativo  

Curso com Charles Watson

Segundas e quartas, de 4 de março a 26 de junho | 19h30 às 21h30

De natureza interdisciplinar, o curso tem o objetivo de demonstrar vários aspectos do processo criativo e suas manifestações. Para isso contamos com a contribuição de profissionais de  diferentes áreas como, inteligência artificial, cosmologia, física, dança e arte. Amplamente ilustrado com textos, vídeos e exercícios, e usando fontes das mais diversas disciplinas, o curso demonstra que a semelhança entre as dinâmicas criativas superam as diferenças entre as linguagens. Entendendo os mecanismos que limitam a criatividade, podemos desenvolver estratégias que, ludicamente, contornem essas limitações.

- O que é um curador?

Leitura guiada por Daniel Jablonski

Segundas, dias 8, 15 e 22 de abril | 19h às 22h

O curso visa oferecer aos alunos, artistas ou não, os instrumentos necessários à compreensão e crítica do ensaio “O que é um curador?” (2007) da historiadora da arte inglesa Claire Bishop. De onde veio? Para onde vai? Estas são algumas das questões provocadoras levantadas acerca dessa figura onipresente na arte contemporânea, tendo em muitos casos substituído o crítico de arte como instância legitimadora, ou ainda (discutivelmente) em alguns outros, o próprio artista, como autor de exposições. Propondo uma breve história do métier de curador, Bishop nos dá a ocasião de retraçar o contexto de seu surgimento, no fim dos anos 1960, e sua vertiginosa evolução nas décadas seguintes até sua recente cristalização como agente não-tão-independente da complexa maquinaria do mundo da arte internacional. Vasto material iconográfico e bibliográfico — abordando exemplos canônicos de curadorias, tais como as Documentas ’5’ (1972) e ‘7’ (1982) assim como ‘Les Magiciens de la Terre’ (1989) — será utilizado como apoio à leitura guiada.

- Laboratório de pesquisa e prática de texto em arte

Curso com Fernanda Lopes

Terças, de 5 de março a 25 de junho | 17h15 às 19h15

O curso visa à prática da escrita em arte com o desenvolvimento periódico de textos sobre a produção de artistas e exposições em cartaz para a discussão em grupo. Os encontros propõem também o estudo da história da crítica de arte a partir da análise de sua história, suas principais linhas e discussões ao longo das décadas e seus principais autores. As discussões em sala de aula também envolverão a leitura e discussão de textos fundamentais para a crítica de arte, nacional e internacional. Curso voltado para artistas, estudantes de artes e comunicação, interessados em arte.

- Teorias da Arte  

Curso com Fernando Cocchiarale

Quartas, de 6 de março a 26 de junho | 10h às 12h

O curso tem por objetivo apresentar para iniciantes algumas matrizes teóricas do pensamento estético: a noção greco-romana de arte (teckné/ars); a mimesis platônica e aristotélica; o Iluminismo e o surgimento das primeiras teorias da arte; Baumgarten e a estética; autonomia da arte e modernidade em Kant; Walter Benjamin e a reprodutibilidade técnica; fontes de pesquisa da arte moderna e contemporânea (manifestos e exposições curatoriais).

- Arte como conhecimento | A formação de um campo de pensamento  

Curso com Franz Manata

Terças de 5 de março a 25 de junho | 10h às 12h

O curso, teórico, visa apresentar a iniciantes como os artistas construíram a arte enquanto um campo do pensamento. Através de uma abordagem histórica, é traçado um panorama que vai da pré-história aos dias atuais, privilegiando o ponto de vista dos artistas. Um vasto conjunto de imagens e filmes será apresentado, além de visitas a exposições e galerias.

- Arte Brasileira e o pensamento de vanguarda  

Curso com Franz Manata

Terças, de 5 de março a 25 de junho |  17h às 19h

O curso é destinado aos interessados na arte brasileira produzida no século XX. Apoiado num vasto conjunto de obras e artistas será mostrado como a arte brasileira se envolveu com o pensamento de vanguarda e o que ainda pode estar na pauta do século XXI.

- A gravura contemporânea em perspectiva internacional  

Curso de curta duração com George Kornis

Quintas, dias 11 e 18 abril, 9 e 23 maio, 6 e 20 junho | 18h às 21h

Curso de aprofundamento em história da linguagem gráfica. Sua tônica está na produção contemporânea em escala mundial. Abordaremos a produção da gravura norte-americana, européia, latino-americana e brasileira. O desenvolvimento atual da linguagem gráfica é o eixo estruturador do presente curso. Serão seis aulas com intervalo de 15 dias entre cada uma delas para que os alunos possam ler a bibliografia selecionada.

- Arte Moderna 

Curso com Guilherme Bueno

Terças, de 5 de março a 25 de junho | 14h às 16h

O curso abrange os principais movimentos artísticos que vão do Iluminismo ao Pós-Guerra. Serão discutidos temas como a noção de modernidade e seus limites, autonomia da arte e o significado e as implicações da arte abstrata e de novas linguagens (fotografia, cinema) na Historia da Arte.

- Arte no Brasil: do moderno ao contemporâneo

Curso com Guilherme Bueno

Quintas, de 7 de março a 27 de junho | 10h às 12h

O curso tem caráter introdutório e aborda temas e movimentos da arte brasileira do final do século XIX até o inicio do século XXI, promovendo diálogos pontuais das artes plásticas com a arquitetura, literatura, cinema e design. Além das aulas expositivas, são previstas visitas a monumentos e exposições relacionadas ao seu conteúdo.

- O Truque e a Ama – Os Caminhos Revolucionários da História da Arte e do Teatro  

Curso de Helio Eichbauer

Sábados, de 2 de março a 27 de abril | 9h30 às 13h30

No curso serão abordados o legado do passado e perspectivas futuras, invenções e conquistas que inovaram a literatura dramática, a arte de interpretar e sua aliança com as artes plásticas, música e coreografia. Arte, Artesanato e Indústria.Construtivismo, Cubo Futurismo, Suprematismo, a Biomecânica de Meierhold, o Cinema de Eisenstein e Dziga Vertov, colagens de Rodtchenko ( fotografias), a poética de Maiakóvski. Serão realizados exercícios de percepções gráficas, maquetes, construção de objetos, pintura de macacões esportivos, máscaras, cartazes, desenhos, esculturas e pequenos filmes – Cinepoemas.

- Arte e imagem – interseções possíveis  

Curso com Ivair Reinaldim

Terças, de 5 de março a 25 de junho | 15h às 17h
A partir da relação aparentemente dual entre os termos “arte” e “imagem”, tendo como parâmetro os campos da historiografia e da teoria, o curso propõe a discussão das principais questões referentes ao tema, a partir do pensamento de autores como Aby Warburg, Erwin Panofsky, André Malraux, Vilém Flusser, Jacques Aumont, Georges Didi- Huberman, Hans Belting, entre outros.

- Crítica, criação, circuitos – instâncias da arte contemporânea brasileira (de 1985 a 2013)

Curso com Ivair Reinaldim

Quintas, de 7 de março a 27 de junho | 14h às 16h

O curso se propõe a apresentar e instigar algumas reflexões acerca da arte contemporânea brasileira, a partir de três alicerces conceituais principais – crítica, criação e circuitos –, correlacionados tanto no corpo da produção teórica quanto no da plástico-visual. Serão discutidas questões essenciais, a partir da leitura de textos de referência e da projeção de imagens de proposições artísticas. O objetivo principal dos encontros é incitar debates, estimulando a participação dos frequentadores (mais do que apresentar panoramas), sem que a metodologia empregada para isso torne a abordagem inacessível a um público não especializado.

- Arte Contemporânea 

Curso com Marcelo Campos

Quartas, de 6 de março a 26 de junho | 19h30 às 21h30   

O curso oferece um panorama de questões que permeiam a arte contemporânea desde os anos 1960 até hoje. Utilizando-se de imagens, filmes e textos, as aulas buscam traçar perspectivas históricas e teóricas, com análise de questões gerais e obras individuais. Começa-se trabalhando as cisões com o modernismo, a expansão dos meios artísticos, as discussões sobre mercado e sistema de arte, e chega-se à produção recente a partir das discussões sobre a globalização, sobre o estatuto da imagem, sobre as novas tecnologias, sobre as teorias pós-coloniais, entre outros.

- Encontros com Arte

Curso com Marcelo Rocha

Terças, de 5 de março a 25 de junho | 19h30 às 22h30     

Curso teórico em que será eleito, a cada aula, um problema ou tema relevante como ponto de partida para uma reflexão sobre a história e os conceitos da arte em geral. Espaço, forma, expressão, corpo, natureza, entre outras questões, serão discutidos com o objetivo de reconhecer as diferenças entre a contemporaneidade e outros períodos da história.

- Módulos em História da Arte

Curso com Fernanda Marinho e Maria Berbara

Terças e quintas, de 9 a 25 de abril | 19h às 22h    

O curso pretende oferecer ao aluno uma iniciação à história da arte ocidental a partir de três módulos introdutórios centrados respectivamente na antiguidade greco-romana, renascimento italiano e arte moderna (séculos XVIII-XIX). Cada módulo terá a duração de duas aulas, as quais irão centrar-se na projeção de imagens e na exposição das principais correntes artísticas e histórico-artísticas relativas a cada módulo.

- Conceitos de História da Arte

Curso com Paulo Sergio Duarte

Terças, de 5 de março a 18 de junho | 19h30 às 21h30

Curso avançado que pressupõe o conhecimento geral da história da arte ocidental e, em particular, da história da arte moderna e contemporânea. Não é um curso introdutório, muito menos um curso de história da arte. É para fundamentar a discussão de problemas contemporâneos da arte à luz de uma perspectiva histórica. Pensar esse campo do saber designado como “história da arte” é, antes de tudo, assumir uma posição teórica e crítica: detectar os conceitos que podem dar um estatuto de conhecimento à disciplina História da Arte, examinar a historicidade dos próprios conceitos e verificar seus limites para dar conta da situação contemporânea.

- Dimensões da paisagem no contemporâneo: um laboratório de pensamento 

Curso com Paula Scamparini

Quartas, de 3 de abril a 19 de maio | 19h30 às 21h30

O curso visa discutir e exercitar os limites do que se pode nomear hoje paisagem, partindo e retornando ao campo da arte contemporânea, fazendo desvios pela literatura e pelo audiovisual, e permeado por textos filosóficos, teóricos, literários e textos de artistas. As aulas expositivas trarão alternativas visuais e conceituais para o posterior exercício criativo, imagens ou escritos, voltado à questão da paisagem. Neste percurso investigativo, outros questionamentos serão levantados, como o dos limites classificatórios aplicáveis às artes e à vida.

Visto em @ArtRio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>