TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

16

novembro 2011

0

COMENTÁRIOS

Transmissão ao vivo: Hoje Giselle Beiguelman fala sobre hacktivismo na plenária especial do V Simpósio ABCiber

Escrito por , Postado em Encontros, Eventos, Exibições

giselle-beiguelman-rede-de-hiperlinks

Na primeira plenária especial do V Simpósio da ABCiber (Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura), estará presente, em Florianópolis, a artista e professora Giselle Beiguelman para falar sobre hacktivismo. Natural da capital paulista, formou-se em História pela Universidade de São Paulo (USP) e fez doutorado em História Social na mesma instituição. Define-se comomidiartista, atuando nas áreas relacionadas à criação e crítica de arte nas novas mídias. É professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, de História da Arte e Design, e membro do júri da Ars Electronica em 2010 e 2011.

A todas essas atividades que Giselle exerce atualmente, somam-se as que já realizou como artista e acadêmica: foi professora da pós-graduação em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) de 2001 a 2011, curadora do Nokia Trends em 2007 e 2008 e diretora artística do Instituto Sergio Motta de 2008 a 2011. O lado artístico de Giselle engloba projetos apresentados em exposições de renome, como a Bienal de São Paulo, o Net_Condition, o El final del eclipse, aAlgorithmic Revolution, a arte.mov e o Netescópio.

Várias obras de Beiguelman já foram premiadas, ganhando destaque no mundo da New Media Art. Entre elas, O livro depois do livro, um ensaio hipertextual e visual sobre ciberliteratura, trabalho de 1999. Mais recentemente, em 2002, Giselle levou a arte das novas mídias para as ruas com seu Egoscópio. A ideia era que as pessoas mandassem endereços de sites na internet para a página do Egoscópio e os sites apareceriam em dois telões colocados em uma movimentada avenida no centro da cidade de São Paulo.

No mesmo ano, o projeto Paisagem0 era uma máquina que permitia a produção de imagens do nordeste brasileiro através da mistura de fotos de seu banco de dados. Foi feito em conjunto com Marcus Bastos, professor do Departamento de Artes da PUC-SP, e o artista Rafael Marchetti. Em 2007, o destaque ficou com Fast/Slow_Scapes , em que Gisele fotografou, através de câmeras de celulares, as paisagens que via quando estava no trânsito, sempre de dentro de um veículo em movimento, podendo ser um automóvel, ônibus, barco, táxi ou trem. O resultado é uma série de imagens das cidades de São Paulo, Belo Horizonte, Berlim, Nova York e de algumas localidades na Grécia.

Entre as publicações da convidada do Simpósio encontram-se a versão impressa de O livro depois do livro , lançada em 2005, e a coletânea de artigos Link-se (arte/mídia/política/cibercultura), que discute aspectos fundamentais da criação, produção e circulação na cultura das redes e também é de 2005. Em São Paulo na linha, publicado em 2000, Giselle, junto com a ilustradora Carla Caffé, apresenta desenhos da cidade no fim do século 20. A publicação mais recente é Nomadismos Tecnológicos, em conjunto om o professor argentino Jorge La Ferla, lançado na Feira do Livro de Buenos Aires em 2009. O livro, em espanhol, trata do impacto das telecomunicações no mundo atual, com destaque para a mobilidade. Ainda não há data para a chegada da versão em português nas livrarias brasileiras.

A plenária especial com Giselle Beiguelman sobre hacktivismo no ABCiber 2011 será no dia 16 de novembro às 17 horas. A plenária deverá ter transmissão ao vivo diretamente no site do evento.

Link-se:

V Simpósio ABCiber 2011

Confira programação completa da ABCiber 2011

* Texto de divulgação do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>