TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

segunda-feira

12

setembro 2011

0

COMENTÁRIOS

A experiência de leitura nas apps de revistas brasileiras

Escrito por , Postado em Notícias, Share

app store

Algumas revistas brasileiras de atualidade já oferecem aplicativos para iPad. Propusemo-nos a analisar a experiência de leitura em seis revistas: Select, Continuum, Veja, IstoÉ, Época e Superinteressante. Observamos a disposição dos textos para leitura, a qualidade das imagens, os conteúdos extras e tudo o mais que fosse interessante que auxiliasse a criação de um novo modelo de leitura próprio da cultura digital, ou seja, hipertextual, dinâmico e não hierárquico.

Vamos a nossa análise das apps!

 

Revista Select

A app da Revista Select é, realmente, muito interessante. Além da excelente qualidade das imagens, apresenta a possibilidade de uma leitura mais dinâmica que, de fato, não cansa o leitor.  Alguns artigos podem ser passados na horizontal, enquanto outros na vertical. Essa alternância tende a tornar o ato de leitura mais agradável e menos monótono. Muito interessante na app é a disponibilização dos links das referências, permitindo a realização de uma leitura para além da revista, ampliando a navegação pelo ciberespaço. Um destaque, nesse sentido, é a seção Selects. Ainda assim, a revista poderia ter abusado um pouco mais nos extras, especialmente na edição Número 01, apresentando mais vídeos, galerias fotográficas e áudios. Um aspecto negativo da revista é não oferecer, logo no início, o guia de navegação e legendas diretamente no texto, o que evitaria o equívoco na matéria “Apropriação a três por quatro”.  Cada parte da matéria apresenta um texto fixo e a possibilidade de tocar sobre a imagem e ver nova foto e informação extra. Ainda que o leitor não deseje ver a foto e/ou ler a informação, é obrigado a passar por cada uma delas ao mudar de página.

A app é gratuita.

Revista Continuum

A app da Revista Continuum, do Itaú Cultural, apresenta também uma excelente qualidade das imagens, além de um conteúdo extra considerável para o tamanho da revista. Estão disponíveis vídeo, áudio, galeria de imagens, links a sites externos, o que contribui para a realização de uma leitura hipertextual. No entanto, quanto às passagens do texto, tende a moldar o leitor para a leitura por artigo, já que, ao passar página na horizontal o leitor muda de artigo e este é lido passando as páginas na vertical. Não há alternância. Além disso, quando terminada a leitura do artigo, ao passar página o leitor é levado diretamente ao final do novo artigo, devendo retornar ao início para iniciar a leitura.

A app é gratuita.

Revista Veja

A app da Revista Veja vale pelos extras. O leitor pode tocar na imagem para ver mais, acessar conteúdo extra, ver vídeos, ouvir áudios, ver slideshows e ampliar imagens. Além disso há gráficos interativos. Também são pontos positivos da revista: a possibilidade de ler as últimas publicações no site da revista Veja e a oportunidade de selecionar suas notícias favoritas.

O negativo da ferramenta é que o leitor passe as páginas como se passa uma revista no formato impresso. Sempre na horizontal. Isso dá a sensação de escaneamento das reportagens com preenchimentos de conteúdos extras sobretudo nos espaços vazios ocupados, geralmente, por anunciantes. Ou seja, a Editora Abril não quer dar “colher de chá” para as empresas anunciantes e, com certeza, espera, em um futuro bem próximo, transformar as apps em espaços lucrativos. Esperamos que, com isso, não vejamos reduzidos os materiais extras, que enriquecem em muito as notícias. Negativo também é o preço: $3,99 por edição. Sendo uma versão digital, no caso de venda da revistas, o valor deveria ser bem inferior ao vendido nas bancas.

Revista IstoÉ

A app da Revista IstoÉ é a que melhor explora as possibilidades mais diversas de leitura do texto eletrônico. Em outras palavras, adapta o texto eletrônico à necessidade do leitor de se realizar uma leitura dinâmica, fornecendo-lhe, de um modo agradável, conteúdos extras que ampliem o seu conhecimento sobre o assunto em questão. O leitor pode, então, deslizar os dedos para ler mais, deslizar o texto na vertical, tocar para ver mais fotos, subir o texto para lê-lo, tocar em ícones e sinais… O negativo é que, ao contrário das apps da Revista Select e da Continuum que mostram ao leitor um universo de navegação que se expande para além da revista, no caso da IstoÉ, o leitor permanece “enclausurado” na app. Nesse sentido, a revista ainda mantém um certo controle do leitor, não o tornando independente, criativo e dinâmico. No caso de disponibilizar vídeos em site externo, o conteúdo está sempre hospedado no site Terra.

A app é gratuita.

Revista Época

A Revista Época também inova na apresentação dos extras. Áudios, vídeos, galeria de fotos, imagens e gráficos interativos, links para outros sites. Não é muito diferente do formato de apresentação das notícias da app da Revista Select, por exemplo, no que diz respeito à apresentar ora a notícia em páginas que são passadas na horizontal e, em outras, na vertical. Contudo, embora apresente gráficos interativos, nem sempre funcionam como deveriam. O pior de tudo é que o leitor pode fazer de seu iPad um verdadeiro samba, já que tantas são as vezes que, para ler ou ver mais deve virar o aparelho. No final a leitura pode se tornar um verdadeiro jogo de quebra-cabeça.

A app é gratuita.

Revista Superinteressante

A app da revista Superinteressante faz jus ao seu propósito de apresentar um conteúdo diverso, curioso e interessante ao seu leitor. Seu criador explora as possibilidades oferecidas pela plataforma para criar uma experiência de leitura hipertextual. Apresenta um guia de navegação, com uma legenda simplificada, o que facilita a vida do leitor ao identificar o conteúdo extra. A leitura hipertextual é favorecida a todo momento através de vídeos, fotos, infográficos animados, informação extra…

A app é gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>