TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

18

abril 2012

0

COMENTÁRIOS

A polêmica retirada de iKamasutra da App Store

Escrito por , Postado em Destacadas, Notícias

ikamasutra

iKamasutra é uma aplicação com ilustrações das posturas sexuais do famoso livro e estava disponível na App Store há quase 4 anos, contava com mais de 13 milhões de usuários e uma qualificação de 4,5/5,0. Apesar do conteúdo erótico, a empresa que a produziu sempre buscou respeitar as exigências da Apple que nao aceita conteúdo pornográfico.

Em 20 de fevereiro, Apple eliminou a aplicação, o que tem gerado certa polemica. A decisão da Apple chegou após os desenvolvedores de iKamasutra, NBITE, terem introduzido novidades na aplicação e colorirem o cabelo das personagens do desenho com a intenção de que resultasse mais simples a compreensão da postura indicada. NBITE também promoveu uma mudança no logo da app.

Segundo os desenvolvedores (em texto no blog da empresa), Apple teria considerado que, com as mudanças, o ícone era demasiado explicito e as ilustrações tinham muitos detalhes. Logo, os desenvolvedores teriam revisado o ícone e as 460 ilustrações da aplicação. Depois, solicitaram que o caso fosse revisado rapidamente, posto que os usuários não conseguiam acessar a aplicação pela qual haviam pagado.

No dia 14 de março, 5 dias após a solicitação, NBITE recebeu uma explicação de que pessoas da Apple se mostravam reacionárias a permitir o retorno da app na loja. Entretanto, dois dias mais tarde, NBITE recebeu nova notificação na qual Apple lhes explicava que iKamasutra tinha sido eliminada por um motivo muito distinto: duplicação de documentos muito presente na App Sotre. A empresa produtora do iKamasutra enviou nova petição de revisão em 22 de março, mas até o momento não recebeu resposta.

Mas a história não termina aqui. Outra aplicação sobre o livro, Kamasutra Alive, aproveitou a situação para modificar o nome (agora se chama Kamasutra+) e seu ícone é bem parecido ao de Kamasutra, o que fez com que muitos usuários pensassem tratar-se da mesma app.

Por agora, para NBITE não restou outra opção que criar uma nova aplicação que cumprisse com a política e reembolsar o importe pago por ela aos usuários que puderam demonstrar sua compra. (via)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>