TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

28

março 2012

0

COMENTÁRIOS

As imagens estão no centro da comunicação online

Escrito por , Postado em Destacadas, Notícias

Captura do perfil de Barack Obama no Pinterest

“Uma imagem vale mais que mil palavras”. Nunca se produziu tanta imagem. Na internet, apps permitem a edição de imagens e as redes sociais facilitam o seu compartilhamento. Registros banais do cotidiano podem se transformar em um momento artístico.

Captura do perfil de Barack Obama no Pinterest

Pinterest, a rede social mais “cute” do momento é, talvez, o maior exemplo de como as palavras podem ser substituídas por imagens. Milhares de imagens compartilhadas cada dia. A rede aposta no poder da imagem como possibilidade de acesso à informação de forma intuitiva, bem como referente na comunicação entre usuários.

O sucesso da rede que se baseia no compartilhamento de material visual deixou outras companhias atentas ao fenômeno. Os imitadores já despontaram. Dentre eles estão Little Monsters (a rede social de Lady gaga), Gentlemint, Myspace, e mesmo Flickr, a maior concorrente de Pinterest.

Mas não apenas as concorrentes estão atentas ao despontar da imagem como importante forma de comunicação online. Também empresas e personalidades. O último a criar seu perfil no Pinterest é Barack Obama. A intenção não será outra que comunicar com os possíveis eleitores através de imagens.

Instagram não fica atrás. O aplicativo já conta com mais de 27 milhões registrados, em breve estará disponível para Android, e é uma sensação entre seus usuários. Os recursos disponíveis para edição de imagem transforma a atividade de tirar fotos em um delicioso momento.

Não há dúvidas, as imagens estão no centro da comunicação online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>