TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

quarta-feira

21

setembro 2011

0

COMENTÁRIOS

As novas profissões da Web. Quais são e como trabalhar na Web? Montando o curriculum 2.0!

Escrito por , Postado em Notícias

profissoes-rede

No Social Media Week de Milão, realizado neste mês, os debates se centraram nas novas fronteiras da informação digital, como a internet vem se tornando um espaço que exige, cada vez mais, a criação de novas atividades laborais que permita a uma empresa atender as necessidades do cliente. Milena Gabanelli, diretora da Report, colocou em evidência sete novas profissões surgidas na rede:

- Community manager: porta-voz da comunidade criada online entorno ao produto ou a marca;

- All-Line advertiser: o estrategista das campanhas de marketing online;

- Seo: ocupado de aumentar a visibilidade do site em motores de busca;

- Web analyst: pessoa que recolhe e analisa os dados para melhorar as prestações de um portal ou de uma atividade;

- eReputation manager: responsável pelo diálogo virtual;

- Pr Digital Webinsider: o clássico assessor de imprensa no formato digital;

- Transmedia web editor: criador de conteúdos cross media.

Estruturar a própria presença na Rede

A notícia dada pelos relatores presentes no evento, Giovanni Pola (agência de comunicação Connexia) e Francesco Gramegna (Insistema), é de que essas profissões tendem a crescer e o mercado cada vez mais exigirá profissionais habilitados para as funções. Atualmente, na Europa, tem aproximadamente 22 anos de idade e pode ganhar cerca de 2.500 euros (4.400 reais) ao mês.

O aviso é de que os interessados devem ter o conhecimento da língua inglesa, mas sobre tudo deve saber estruturar sua própria presença na Rede. Não há necessidade de ter perfis em todas as redes sociais, mas ter perfis ativos e constantemente atualizados em redes populares como Facebook, Twitter, Google + e, sobretudo, LinkedIn, favorecem às empresas terem uma maior compreensão e meios de avaliar seus projetos pessoais e criativos. Enfim, deixar elaborar um currículo 2.0 que evidencie suas principais experiências profissionais. O quesito mais importante: ser apaixonado e interessado por internet e social media.

Montando seu currículo 2.0

Não é novidade que na internet, a criatividade das pessoas sempre surpreende. Para um novo meio, é preciso um currículo 2.0. Obviamente, para exercer as novas profissões nascidas na Rede, já fica obsoleto e fora de moda o velho currículo impresso. O currículo 2.0 pretende explorar os recursos e dispositivos disponíveis.  Vídeocurrículo, infocurrículo, slidecurrículo são alguns dos novos formatos criativos que permite ao profissional apresentar sua trajetória profissional de uma forma dinâmica e atual.

Um exemplo, já apresentado em nosso site, é o Visualize.me. Já não basta estar no LinkedIn, é preciso dinamizar o seu currículo e apresentá-lo em um formato de infográfico. O objetivo é de que uma imagem poderá valer mais de mil palavras na hora de você apresentar o seu currículo para um novo trabalho. A versão beta do Visualize.me já está disponível a todos.

As possibilidades de organizar o seu currículo 2.0 são muitas e as ofertas na internet já existem. O mais importante é não exagerar. Ser conciso e apresentar informações que, de fato, possam ser úteis para a apresentação de sua vida profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>