TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

sábado

27

agosto 2011

0

COMENTÁRIOS

Mataram Steve Jobs! Veja como a internet tem se comportado diante da notícia de sua renúncia da Apple.

Escrito por , Postado em Notícias

steve-jobs-apple-timeline-m

A notícia mais relevante desta semana, sem dúvidas, foi a renúncia de Steve Jobs ao cargo de CEO da empresa Apple, anunciada no dia 25 de agosto. A informação foi publicada por muitos sites de notícias como “O fim de uma era” (UOL). Dito acontecimento se tornou, de fato, um fenômeno interessante para compreender como a imprensa e blogueiros têm relacionado a notícia com a oportunidade de produção de conteúdos na internet.

Atualmente, tem sido determinante para a divulgação excessiva de notícias a observação dos trends (tópicos de tendência). Os sites e blogs de informação, na internet, não se satisfazem com a produção de notícias e reportagens de qualidade que busquem dar ao leitor uma compreensão do fato em si e suas possíveis consequências. Na luta desenfreada pela quantidade de acessos no sites, o tópico de tendência pode se transformar em uma dezena de posts. Considerando que a maioria dos usuários realizam buscas por palavras-chave em buscadores como Google, destacar o tópico de tendência no título significa permitir ao leitor encontrar a publicação com maior facilidade.

Vejamos alguns exemplos. Se o fato é a renúncia ao cargo de CEO da Apple, o melhor é começar lendo A carta de renúncia de Steve Jobs na íntegra (TechMundo). Tem dúvidas sobre a razão principal de sua demissão? Câncer tira Steve Jobs da direção da Apple (Terra Brasil). Talvez. Na realidade, Tim Cook pode ter sido o motivo da renúncia de Jobs (MacMais). Desvendar esse mistério pode estar mais próximo do que se imagina. Em novembro poderemos saber a realidade dos fatos: biografia autorizada vai falar sobre saída do comando da Apple (Record).

Enquanto isso, o que nos chama a atenção é como a internet tem se comportado diante da divulgação de uma notícia de grande impacto. O comportamento é similar à divulgação da morte de um artista de cinema ou de televisão ou da música. Mataram o Steve Jobs na internet! Dois dias depois do anúncio de Jobs o mundo se comoveu com a publicação de uma foto inédita de Steve Jobs com aparência debilitada (Folha de São Paulo), revelando a sua frágil saúde (InsideTechno). No entanto, hoje o site Reddit publica Aqui está a prova de que a foto de Steve Jobs publicada por TMZ é falsa. Se este artigo agora instaura a dúvida sobre qual seja a real aparência de Steve Jobs, que ninguém se preocupe: o blog Sentinela no Escuro publica um texto de motivação chamado Steve Jobs e a morte. É um fato: a renúncia de Steve Jobs pega internautas de surpresa no Twitter (Terra). Mas que fique bem claro: Steve Jobs não morreu (O Esquema)!

Tudo bem, ainda não morreu. Teve sua morte antecipada. Na corrida pelo milhão na internet, também é importante publicar um especial A Apple Sem Steve Jobs (Folha de São Paulo), Os maiores fracassos de Steve Jobs com a Apple (Terra Brasil), além de ver imagens de Steve Jobs, fundador da Apple (G1), saber os principais momentos da carreira de Steve Jobs (G1) e encontrar compilados em sites as Melhores citações de Steve Jobs (The Wall Street Jornal), os 10 momentos importantes de Steve Jobs em vídeos (Mashable). Por exemplo, você também pode se informar sobre os 10 produtos importantes da era Steve Jobs na Apple (Terra Tecnologia). Ah, mas se o que você busca no Google são os “produtos marcantes” e não “produtos importantes”. Não há problema, o site Terra Tecnologia deseja que você o visite ou você o visite. Então, a estratégia é simples: basta mudar o título do artigo. Agora sim você já pode ler os 10 produtos marcantes da Apple na era Steve Jobs (Terra Tecnologia). E se você já era um seguidor de Jobs, que tal testar seus conhecimentos sobre a sua carreira (Terra)? Mas não sabe nada da vida do empreendedor… Tranquilo, aqui estão, em outro infográfico, 15 coisas que você não sabia sobre Steve Jobs (Mundo Curioso).

Aproveite, este é o momento exato para ler textos biográficos sobre o pilar da Apple. Então não perca tempo! Leia Steve Jobs, de “excluído” a visionário (El País), Um visionário sem diploma (El País), Steve Jobs, o gênio incoformista por trás do sucesso da Apple (ElPaís.cr) e por aí vai… Se depois de ler todos esses artigos, você já está pensando em abandonar a universidade e seguir os passos de Steve Jobs, Fastcodesign pode ajudá-lo. O site busca explicar como é possível que alguém sem treino de engenharia ou programação tenha obtido tanto sucesso e se tornado tão influente no mundo da alta tecnologia: O que fez Steve jobs ser grande?.  E se você é um leitor preguiçoso e quer, em poucas palavras, saber quem de fato é Jobs e sua importância no mundo da informática, o infográfico Steve Jobs e Apple, mudando o mundo (Tech18).

E que não faltem as manifestações públicas de comoção e consternação diante do fato. Fãs da Apple prestam homenagem a Steve Jobs (TechMundo). Na corrida pelos 15 minutos de fama, fã brasileiro faz vídeo indignado com a saída de Steve Jobs na Apple (TechTudo). Alguém dúvida que vira hit na internet? Outra notícia curiosa: em Taiwan, político apela para visual Steve Jobs ao pedir votos (TechMundo). Quem sabe no Brasil, em fevereiro de 2012, o rosto de Jobs seja uma das máscaras mais vendidas para o carnaval! Rir da desgraça al? Que tal ler 16 piadas publicadas no Twitter sobre a demissão de Steve Jobs (Slacktory)?

Contudo, em um plano mais sério, você pode saber a história do designer alemão Hartmut Esslinger que conta Como é trabalhar com Steve Jobs (Época Negócios) ou, ainda, Quando alguém ousou demitir Steve Jobs (Wired.it). E que não escape a leitura do texto Descubra o que o novo CEO da Apple pensa sobre Steve Jobs (Jornal do Brasil). E aproveite para conhecer verdadeiras joias antes escondidas, como a Entrevista concedida para a Playboy, em 1985 ou A primeira vez de Jobs (Época Negócios).

E, em um campo mais criativo, miniaturista russo homenageia Steve Jobs (Diário da Rússia), ao desenhar a logomarca da corporação numa sementinha de maçã; vida e carreira de Steve Jobs viram animação (Geek); e site compila citações, fotografias, sátiras e momentos marcantes da vida e carreira do cofundador da Apple, mostrando O efeito Steve Jobs na internet (Movimento Online). Uma publicação curiosa é a fotogaleria do site Huffington Post que compila imagens com algumas das camisas de gola alta mais emblemáticas do empreendedor.

Mataram Steve Jobs na internet. Então? Como será a era pós-Jobs? (Wired.it), Apple: quem o novo CEO Tim Cook deverá enfrentar? (Wired.it), Apple enfrenta, com dúvidas, seu futuro sem o “mago” Jobs (El País), Como seguirá Apple sem a direção de seu fundador (El País – Uruguay). Todo o mundo está preocupado com o futuro da Apple? Tim Cook, novo CEO da companhia, afirma Os melhores anos da Apple ainda estão por vir (El País – Uruguay). Certo que anos melhores virão. Afinal, Jobs sai mas deixa futuro da Apple “cozinhado” para Tim Cook (Negócios Online) e analistas confiam no trabalho de Tim Cook como sucessor de Steve Jobs (G1).

Por sua vez, Tim Cook, o novo centro das atenções após a saída de Steve Jobs (O Globo), diante do desafio de brilhar como Jobs (El Correo Gallego), se vê na complexa tarefa de ocupar o coração da Apple (Público.es). Se a saída de Steve Jobs deixa o mercado ansioso (Veja), o novo CEO da Apple é aclamado por ter se tornado o gay mais poderoso do mundo (Minuto Digital). E se você ainda não sabe quem é o novo CEO da Apple, conheça Tim Cook, o substituto de Jobs (G1).

Você se cansou de ler as palavras “Steve Jobs”, “Apple” e “Tim Cook” neste artigo? Não duvide que estes são os tópicos de tendência do momento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>