TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

segunda-feira

14

maio 2012

0

COMENTÁRIOS

Pirate Pay, empresa antipirataria financiada pela Microsoft

Escrito por , Postado em Destacadas, Notícias, Tecnologia

Pirate Pay, empresa russa dedicada a interferir e/ou deter o tráfego em BitTorrent. É essa uma das formas encontradas para empresas que pretendem seguir atacando os meios de distribuição e intercâmbio.

A rede BitTorrent incrementou seu trafego desde a queda de muitos serviços de download direto, mas empresas como Pirate Pay buscam afetar a capacidade de download dos usuários. Como? Principalmente bombardeando os clientes com informação falsa na rede de intercâmbio.

Pirate Pay começou em 2009, a partir do que era uma ferramenta de administração de tráfego para provedores. O protótipo funcionou muito melhor do que o esperado e o processo de desenvolvimento despertou a atenção de Microsoft que injetou a quantia de cem mil dólares no esforço antipirataria. Em dezembro passado algumas das empresas que contrataram o serviço de Pirate Pay foram Walt Disney Studios e Sony Pictures.

Ao que parece a empresa tem maior efetividade na hora de proteger um filme específico do que na detenção de download em nível geral. Um dos últimos projetos se concentrou sobre o filme russo “Vysotskiy. Spasibo, chto zhivoy”, interrompendo quase 45 mil downloads. Certamente o número é ainda pequeno se temos em conta a magnitude da rede BitTorrent. Os serviços de Pirate Pay não são baratos. Dependendo da complexidade do projeto, pode custar até cinquenta mil dólares. (via)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *