TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

terça-feira

6

dezembro 2011

0

COMENTÁRIOS

H&M admite que maioria de suas modelos tem corpos gerados por computador, completamente virtuais

Escrito por , Postado em Próxima Natureza

H&M, empresa multinacional sueca de modas, presente em 41 países com mais de 1400 lojas, admitiu que a maioria das modelos usadas para apresentar os catálogos de suas coleções tem os corpos gerados por computador e outras vezes completamente modificados. Em outras palavras, estamos vendo corpos virtuais, idealizados. A empresa coloca em evidência que os corpos virtuais vestem melhor as roupas da marca do que os próprios humanos. Parece que o futuro caminha para um questionamento até mesmo do padrão de beleza das modelos, já que estas já não satisfazem ao exigido pelas grandes marcas de moda no momento de vender o produto. Por fim, estaremos comprando roupas de ciborgues. Todos os corpos idêntico. O único que as difere é a tonalidade da pele e o rosto (ambos também retocados por Photoshop).

Via @Jezebel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *