TecnoArteNews

Notícias sobre cultura e arte contemporânea

terça-feira

10

janeiro 2012

0

COMENTÁRIOS

#CompartilheCultura: Lista de conteúdos culturais gratuitos acessíveis na Rede

Escrito por , Postado em Publicação, Share

comparte cultura

#CompartilheCultura: Em 1980 a indústria britânica realizou uma campanha antipirataria com o slogan “Home Taping Is Killing Music“. 30 anos depois, a música está mais viva do que nunca e o que está morrendo é a indústria, que reclama o ‘lucro cessante’ de um negócio de intermediação descaradamente obsoleto. É preciso ter em mente: Compartilhar não é delito. Baixar não é delito. Copiar não é roubar. A indústria quer colocar medo. Como podemos exercer nossos direitos? Compartilhar, baixar e copiar a seguinte lista de recursos culturais.

Esta lista é uma resposta natural ao recorte de direitos da nova Lei SINDE (na Espanha), futura SOPA e similares, e a falta de ofertas justas de conteúdos culturais acessíveis; é uma resposta à necessária “limpeza” dos intermediários, comissários e parasitas do negócio antiquado que não souberam adaptar-se às novas tecnologias para manter seu nicho, e que impedem um consumo responsável sem se sentir estafado e uma justa contraprestação àquele que verdadeiramente merece: o autor das obras.

O “tudo grátis” segue sendo a falácia dos que querem controlar a indústria e criminalizar sempre os consumidores. O acesso livre e responsável a conteúdos gratuitos é somente o caminho espontâneo para a promoção dos mesmos; além de, mais tarde, possibilitar a premiação, com responsabilidade, de seus autores, comprando, presenteando ou recomentando seus trabalhos. Durante anos o pagamento era às cegas. Agora há mecanismos legítimos para fazê-lo de uma forma mais natural e coerente. Ninguém, em são juízo, pode defender a sustentabilidade da cultura com gratuidade de conteúdos, mas o direito do autor de viver de sua obra é tão importante como o acesso universal a seu trabalho.

A parte de Spotify, Grooveshark, RTVE e outras ofertas com conteúdo gratuito que compensam os autores de alguma forma, o critério para completar esta lista colaborativa foi colocar em comum, entre muitos usuários da rede, as ferramentas e webs necessárias para poder exercer o direito de compartilhar livremente, sem fins lucrativos, e que sejam servidas por provedores hospedados fora da Espanha, onde não possam ser fechadas mediante a legislação espanhola. Tudo isso para demonstrar, entre outras coisas, que é quimérico e praticamente impossível o controle da Internet sem censura e prejuízo dos direitos fundamentais, gerando maior interesse pela cultura e potencializando, consequentemente, o consumo e a distribuição posterior de mais bens culturais.

Lista de conteúdos digitais gratuitos acessíveis na Rede

P2P: A melhor forma de exercer seu direito de compartilhar com os demais usuários da rede é o P2P (Peer-to-Peer). O P2P serve para intercambiar informação de forma direta, sem intermediários nem webs, entre dois ou mais usuários da rede. Da mesma forma que, há 30 anos, se deixava que uma fita cassete passasse de um companheiro a outro no colégio. Hoje, novas ferramentas otimizaram a atividade. O intercâmbio é legítimo, não punível e que deve escapar do controle de qualquer governo para que esteja garantida a neutralidade na Rede.

Mediante um programa, o usuário pode compartilhar seu material cultural com outros usuários, dividindo em “pacotes” a informação e hospedando-as em vários trackers (servidores anônimos) para que, mediante um torrent (pequeno arquivo com a url desses “pacotes”) possam ser baixados por outros usuários. De tal forma que, para encontrar qualquer conteúdo cultura, faz falta apenas buscar esses pequenos arquivos ou ‘torrents‘.

Alguns dos clientes torrents mais conhecidos são: Transmissionbt, VuzeUtorrentBitcometDelungeaMuleBittorrentAresBitspiritFaroo,…

Também úteis são os administradores de downloads diretos como: JdownloaderFlashgetRapgetInternet download managerDownload AceleratorTucan ou Cryptload.

Alguns dos melhores buscadores de torrents:

- Mininova.orgElitetorrentTorrentsTorrentportalTorrentmatrixIsohunt.

Thepiratebay.org. Se não você não não encontra o que busca aqui, é provável que não exista.

Torrentbutler. Um buscador só de torrents para filmes em HD.

Torrent-finder. Buscador de buscadores. Administra sua consulta em mais de 150 buscadores.

Torrentz. Outro meta-buscador simples e prático

Música

Google. O grande buscador é também um “recompilador voluntário e com ânimo de lucro de links diretos de downloads de músicas”. Apenas é necessária certo cuidado no momento de buscar links de MP3, por exemplo.

Spotify. Um clássico. Referente para o novo modelo de negócio na indústria musical. Uma forma de desfrutar da música gratuitamente com o benefício direto para o autor. Também opção de pagamento muito recomendável para levá-lo em seu dispositivo móvel.

Last.fm. O pa do Spotify segue firme. Música gratuita com uma interessante rede social de recomendações.

Goear. Grande catálogo musical. É possível escutar os últimos sucessos internacionais. Dispõe de aplicações para iPad, iPhone e Android.

Rhapsody. Um serviço de streaming musical tipo Spotify mas limitado ao público norte-americano. Com um pequeno truque é possível acessá-lo usando uma IP americana.

Deezer. Uma das pioneiras em oferecer música em streaming de forma gratuita. Começou a funcionar em 2006 sob o nome de BlogMusik. O serviço oferece cerca e 10 milhões de músicas. Para fazer uso das versões para Android e/ou iPad/iPhone é necessário pagar o registro premium, como em Spotify.

Grooveshark. 30 millões de usuários usam essa rede social que permite buscar e subir músicas de forma livre e gratuita. Além disso serve de promoção para artistas.

Noisetrade. Uma web com milhares de “discos”, completamente gratuitos, para promover artistas novatos e não novatos. As produções são boas e a plataforma está bem desenhadas.

Gratismusica Fórum no qual usuários enviam links de megaupload e rapidshare sobre todo tipo de música.

- Songr é uma aplicação (windows) que utiliza 16 buscadores para localizar, reproduzir e baixar arquivos mp3 e outras fontes de músicas como YouTube.

Jamendo Um clássico. 300.000 temas de música livre, legal e ilimitada de autores dispostos a compartilhar seu trabalho sob licença Creative Commons e deixando fora do sistema de distribuição.

Séries, filmes e documentários

Google. Voltamos à página mais ‘pirata’, ‘criminosa’ e ‘ilegal’ de todas. A empresa de tecnologia web que mais fatura no mundo. Entre outras coisas, indexando automaticamente links a arquivos com direitos de autor e hospedados em webs de terceiros. Justamente o que a Lei SINDE persegue. Você não quer usar nenhuma outra web que faça o mesmo? Tranquilo, não é necessário. Busquemos, por exemplo, todos os torrents da quarta temporada completa da série “The Big Bang Theory”. Primeiro em versão original, ou se preferirmos em espanhol. Atenção à caixa de buscas! Você pode substituir “megavideo.com” por algum outro serviço de hospedagem de arquivos que indexe diretamente em google, tais como “downupload.com”, “uploaded.to” ou “Bitshare.com”. Ou, ainda, você pode buscar diretamente em um buscador que indexe megaupload e rapidshare.

Series.ly. Ferramenta social para compartilhar todo o referente a séries e filmes. Agenda links a downloads diretos e streaming, reprodutor próprio. Necessita convite.

Epoilertv. Uma das melhores bases de dados em espanhol sobre séries de televisão, sem fins lucrativos.

Serieonline Links para séries, filmes e uma boa seção de documentários. Não há publicidade nem fins lucrativos.

Archive.org 60.000 filmes de domínio público. Documentários, shows, documentos históricos, desenhos animados… em inglês.

Teledocumentales. Documentários em espanhol. Frequente atualização e muito bem classificados. Visão online. Para passar horas e horas.

Documentary24 Uma das melhores recopilações particulares de documentários grátis na rede. Em inglês.

Youtube Movies Filmes grátis e ‘legais’. A coleção é deprimente mas alguma pode valer milhões quando as leis não deixem alternativas para ver o resto.

Ted Talks. Imprescindível. A melhor forma de divulgação de tecnologia, entretenimento e desenho em forma de conversas gratuitas ao alcance de todos. Vários idiomas. Legendas.

Docuciencia. Recopilação de todo tipo de documentários de ciência e tecnologia.

Foofind.com Buscador de arquivos de download criado pelo desenvolvedor espanhol Pablo Soto. Inclui redes P2P. Uma forma mais cômoda, sem passar por terceiros, de acessar a seus conteúdos audiovisuais favoritos.

Adnstream. Mais de 300 filmes de ação, de guerra, faroeste. Tudo grátis.

Hdcity. Um dos tracker privados, sem fins lucrativos nem publicidade, mais usados na Espanha. É necessário convite e permissão para compartilhar e realizar downloads. Há links para filmes em HD.

Eztv.it. Fórum com informação atualizadíssima de séries. Sem dúvidas uma das maiores comunidades mundiais para compartilhar audiovisuais de BitTorrent. Em inglês. É preciso registro.

Liberateca Series. Não há uma grande oferta, mas está muito bem organizado e acessível.

Divxclasico. Cansado de buscar filmes que tenham mais de 10 anos? Para os amantes do filme clássico. Um fórum imprescindível, com links para torrents e intercâmbio de informação sobre o filme mais esquecido.

Elitefreak. Torrents para 4.500 filmes, mais de 1.000 séries e 130 documentários; fórum, classificações, favoritos. Uma das webs mais usadas para compartilhar arquivos com conteúdo audiovisual na España.

Descargardocumentales. National Geographic, Discovery Channel, Canal Historia, Odisea… links para download das melhores séries de documentários.

Youtorrent. Buscador torrent combinado com uma base de dados de séries e filmes. Em inglês.

Pelis24. Coleção de links para filmes dublados, em versão original e legendados.

Forosdz. Fórum de Anime, Manga, Hentai, Yaoi, Cosplay… Para autênticos frikis.

MejorenVO. Ideal para praticar idiomas. Todas as séries e filmes em versão original com legendas.

Solo-free. Fórum de filmes bastante ordenado e classificado. A seção de séries é meramente testemunhal…

Ev0.in. Um estupendo recompilador de links de séries em versão original e em várias resoluções.

Tusseries.com. Outro fórum espanhol, sem fins lucrativos, com uma grande coleção de links. Destaca sua base de dados de séries espanholas. Necessita registro.

Televisão Online

Alacarta. da RTVE, uma oferta ‘legal’ e exemplo de como a televisão pública pode se adaptar, sem problemas, aos novos meios. Séries de produção própria, documentários, música… Aspecto negativo: não se pode fazer download e só são visíveis através de sua web.

Tutelevisiononline. Recompilação de links para streaming de canais de televisão de mais de 100 países.

Medinalia. 1.600 canais de televisão e 5.200 estações de rádio ao vivo.

Viewmy.tv. Uma plataforma de vídeo online independente que oferece sinal de 120 países.

Teledirecto. Recopila o sinal das redes disponíveis em sua web, linkando diretamente a elas.

Libros, periódicos y cômicos

- Google, de novo, coloca à sua disposição e com uma busca simples por tipo de arquivo (filetype:epub) milhares de ebooks. Sem restrições, sem censuras, para todos…. FECHEM O GOOGLE, POR FAVOR, ESTÁ MATANDO A CULTURA!!! Se você quiser fazer uma busca mais específica com critérios não facilitados diretamente pelo buscador, pode usar ‘Google Hacks’.

- Bing. O buscador de Microsoft. Também coloca à sua disposição mais de 7.000 links para ebooks.

Calibre. Um programa gratuito e imprescindível para administrar e mudar o formato digital dos ebooks e poder lê-los em seu leitor de livros eletrônicos. Imprescindível para fazer mais prático o Kindle e não depender somente da loja da Amazon.

Librosparakindle. Como seu nome indica, pequeno blog com links para 300 livros já transformados para mobi, o formato do Kindle. Coleções quase completas de Agatha Christie, Arthur C. Clarke, Brian W. Aldiss, Carl Sagan, Reverte

Manual de desobediencia a la Ley Sinde. “Aprende a mudar seus DNS, a configurar um proxy, a configurar e utilizar Tor para navegar, anonimamente, a entender para que serve uma rede privada (VPN).

Librosenepub 3.000 links para livros de todo tipo em formato epub. Incômodo no momento da busca, mas boa compilação.

Open Library. Um buscador, iniciativa de Internet Archive, que indexa grandes bases de dados da internet para armazenar 1.000.000 de livros grátis. A maioria está em inglês. Oferece um potente buscador para texto incluído nas obras. Ideal para investigar fontes e para amantes da literatura clássica.

Gutenberg. 36.000 ebooks para download livre. Formatos suportados; Kindle, Android, iPad

Epubgratis.me. Mais de 2000 ebooks recentes em formato ePub. Boa interface. Sem publicidade.

24symbols. Projeto inteiramente espanhol. O “Spotify dos livros”. Oferece um catálogo contemporâneo de obras gratuitas, sendo financiado com publicidade e contas premium.

Bookcamping. Um catálogo-biblioteca aberto e colaborativo com temática social e surgida à raiz do movimento 15M. Apenas aceitam realização do download aqueles que tem marca branca na ficha.

1libro1euro. 30 livros grátis de autores contemporâneos a troco de uma doação voluntária por uma boa causa.

Youkioske.com. Talvez seja a maior comunidade para compartilhar imprensa e publicações. Imperdível.

IssuuScribd y CalaméoTrês formas de publicar e ler todo tipo de revistas, livros e documentos.

Pordescargadirecta. Fórum de imprensa diária, revistas e magazines. Sem publicidade.

Quioscovagos. Fórum com links para toda a imprensa e revistas editadas na Espanha.

Premiomag. 1.300 links para revistas de 5 países, dentre as quais National Geographic e New Yorker.

Libroteca.net. 10.000 livros, a maioria em espanhol, livres de direitos do autor.

Bibliotheka.org. 140 milhões de páginas vistas. Biblioteca sem fins lucrativos. Mais de 60.000 títulos em Pdf e em espanhol; classificados por temáticas e autores.

Quedelibros.com. Uma comunidade na qual os usuários colaboram compartilhando a informação encontrada na Rede. Classificação dos autores e obras mais lidas.

Papyrefb2. Mais de 2.500 livros em formato papyre. Sem publicidade.

Liberateca books. Oferta limitada, mas com uma interface muito intuitiva, moderna e clara. Sem publicidade.

Elaleph.com. Nasce com a necessidade de conseguir textos em espanhol na internet. Conta com uma biblioteca digital de 2.000 títulos.

Coleções digitais das Bibliotecas Nacionais. Manuscritos digitalizados, fundos culturais, catálogos publicados, línguas territoriais… tudo necessário para qualquer filólogo ou “rato” de biblioteca clássica e de domínio público…

Biblioteca digital hispânica… Milhões de documentos digitalizados pela Biblioteca Nacional para agilizar as buscas e facilitar a difusão da cultura de domínio público.

Librodot.com. 11.000 obras livres de direitos de autores clássicos, pouco conhecidos ou inéditos. Manuais científicos e teses doutorais.

Manybooks. Livros de domínio público en 40 idiomas.

Feedbooks.com. Grande coleção em inglês de obras contemporâneas de dominio público.

Lamansion. Comunidade de cômicos editados em espanhol.  Marvel, DC, Chaos, clássicos…

Liquidcomics. É uma editorial internacional de cômicos gratuitos que podem ser lidos online. Patrocinada por Sir Richard Branson, oferece obras do diretor John Woo, Guy Ritchie ou do mesmo Wes Craven.

Marvel. O gigantesco editorial de cômicos americano pôs à disposição de todo mundo, 250 cômicos gratuitos para promover sua loja online, Digital COmics Unlimited.

Novaro. Pequeno blog em que é possível encontrar links de download para cômicos antigos da editora Novaro 1949-1984 (Fantomas, Batman, Archie, A pequena Lulu, etc.)

Libroscompartidos.com. Curiosa iniciativa para intercambiar com outros leitores aqueles livros em papel que tenha sido lido.

Librosmaravillosos.com. Um casal de autores decidiu recompilar, em formato digital, todos aqueles livros que acreditam ter tido um grande impacto durante sua aprendizagem e formação. Uma coleção interessante de livros científicos e de curiosidades, para todas as idades, eleitos pelo acaso que supõe cada processo pessoal de adestramento.

Orsai. Talvez seja o melhor projeto para explicar a mudança do modelo industrial que surge com a chegada da tecnologia digital. Paradoxalmente é uma revista em papel, sem publicidade, sem intermediários, que ajuda a pagar seus colaboradores. Ao final a revista é disponibilizada em suporte digital.

Ciência y Cultura

Freefullpdf. Buscador em PDF de mais de 80 milhões de artículos científicos de Medicina, Biologia, Física, Patentes. Imprescindível para cientistas.

Base de datos da Unesco. Todas as publicações editadas pela organização desde 1945. Educação, ciências naturais, ciências sociais e humanas, cultura…

Pubmed. Buscador que indexa mais de 21 milhões de estudos de literatura médica extraídas da rede Medline. Algumas referências a estudos completos para download.

Scielo. Biblioteca virtual formada por uma coleção de revistas científicas.

Eoi. A Escola de Organização Industrial coloca à disposição, com licença creative commons, centenas de livros, informes, conferências seminários e monografias sobre economia e inovação empresarial.

Scirus. Buscador de documentos científicos com mais de 440 milhões de entradas. Em inglês.

Google Scholar. Buscador para artigos de revistas científicas, enfocado no mundo acadêmico, e suportado por uma grande base de dados de domínio público.

Almacenamiento virtual

Wuala. Disco duro virtual para compartilhar seus arquivos com quem quiser. 2gb de espaço gratuito.

Dropbox. Serviço mais conhecido de hospedagem de arquivos multiplataforma na nuvem. 2gb. Um tutorial para fazer suas cópias de segurança.

SoulSeek. O clássico disco duro aberto à comunidade. Um pouco em desuso, mas para música é muito prático.

Minus. Para compartilhar em comunidade vídeos online. Limite de até 10gb.

Esnips. Oferece até 5GB de armazenamento na nuvem.

Adrive. 50Gb de armazenamento gratuito.

Pequeños proyectos. De todo un poco. Joyas de la red

- Kigonjiro. Música de shows, atuações ao vivo que não se encontra em lojas. Nenhum dos DVD ou CD da página foram publicados oficialmente, mas foram cedidos pelso artistas. Há pequenos e interessantes tesouros na Rede.

Qomun. É um diretório e plataforma de promoção de cultura livre, construído com a colaboração de seus leitores. Música, vídeo, software, literatura, imagem…

Horrortheque. Filmes de terror de domínio público. Em inglês.

Sideravisus. Biblioteca pessoal e virtual enfocada principalmente em autores de ficção científica. Há grandes (e atuais) clássicos como “1984″ e importantes séries de culto, como as de Asimov.

Choralwiki. Para compartilhar partituras de música coral.

Amateurshotel. “Gente apaixonada pela fotografia, ilustração, desenho, relatos curtos, pequenos relatos ou poemas… que enche seus tempos livres (e não tão livres), escrevendo, pintando, fotografando.. e compartilhando suas obras”.

Librodenotas. Pequena, mas cuidadíssima editora que publica ebooks gratuitos selecionados com seu sábio critério para oferecer qualidade antes que quantidade. Pede a doação de 1€ por obra.

Webcomics. Pequena comunidade, sem fins lucrativos, que se dedica a promocionar os webcômicos escritos em espanhol. De momento há na base de dados quase mil webs.

Mjlopezz.  34 livros, guias e manuais gratuitos sobre marketin e social media.

P2pu.org. A universidade ‘Peer to Peer’. Comunidade que utiliza o suporte P2P para criar projetos educativos de aprendizagem colaborativo. Há cursos desde ‘programação básica em HTML5’ a ‘desenho a lápis’.

Ebooksgratis. Blog que se dedica a recompilar livros grátis e livres.

Artesuniversales. Pequeno blog com links e resenhas de grandes ‘Best Sellers’ e novelas clássicas e contemporâneas. Em formato ebook.

Esta lista foi elaborada pelo site/blog espanhol Kurioso, através do perfil do site na rede social Twitter. A intenção é lutar contra a lei espanhola SINDE, considerada injusta, utópica, que não defende os direitos de todos igualmente.

* Links para baixar e compartilhar a lista: PDF, DOC, HTML.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>